Ninkasi, a Deusa da Cerveja

Ninkasi é a antiga deusa sumeriana da cerveja, que transformou uma mistura de água e cevada em um líquido dourado, conhecido hoje como cerveja.

Era uma deusa muito popular que fornecia cerveja aos deuses. Ela era considerada a própria personificação da cerveja.

Receba as postagens do Ninkasi Beer Club no seu e-mail!

terça-feira, 31 de maio de 2016

Apresentada pelo chef Pedro Benoliel, a série da Cerveja Therezópolis recebe diversos convidados, em nove episódios


A cerveja Therezópolis apresenta nesta semana o terceiro episódio de sua primeira websérie, que recebe renomados chefs de cozinha que fazem sucesso na internet. Intitulado de "Tem Cerveja na Cozinha", o programa conta com nove episódios, onde os chefs participantes: Jimmy McManis (Ogro Jimmy), Rodrigo Schweitzer (campeão do programa do SBT: "Hell’s Kitchen - cozinha sob pressão"), Izabel Alvares (campeã do masterchef Brasil) e a chef Monique Gabiatti (Personal chef dos artistas), criam duas receitas cada utilizando os rótulos da marca como ingrediente. Apresentada por Pedro Benoliel (apresentador do programa "Cozinha na Laje", do canal Food Network), a websérie é uma co-criação da agência Only The Brave com o MediaLab. O público pode acompanhar os episódios no canal temcervejanacozinha.com.br. 

De acordo com o gerente da Therezópolis, Ricardo Fiori, os participantes toparam de imediato o desafio de criar receitas com cerveja e ingredientes inusitados. "Encontramos na gastronomia uma forma de dar uma aula sobre os nossos rótulos. Para harmonizar os pratos com as cervejas, os chefs vão precisar explicar ao público as características dos ingredientes presentes no rótulo escolhido e defender a sua escolha. Informalmente, eles vão se tornar embaixadores da marca", conta. A websérie vem para ajudar o consumidor brasileiro a desbravar cada vez mais a categoria das cervejas especiais, mostrando as várias possibilidades do produto, tanto na harmonização, quanto como ingrediente.

As gravações acontecem na casa da cerveja Therezópolis, Vila St. Gallen, Região Serrana do Rio. O primeiro episódio vai apresentar o local e os participantes que vão sortear as cervejas que deverão ser usadas em suas receitas. Entre os oito rótulos da marca, o participante pode ser contemplado com estilos dos mais tradicionais, como a Therezópolis Gold, a estilos mais contemporâneos e de teor alcoólico mais acentuado, como é o caso da Belgian Tripel, Therezópolis Diamant.

De acordo com o diretor de criação da Only The Brave, André Mota, o programa foi pensado justamente no comportamento do público apaixonado por cerveja especial, que, em sua maioria, também se interessa por gastronomia."É uma forma bacana da marca entrar na vida das pessoas, oferecendo um conteúdo relevante e útil", explica.

Fonte: RPM Comunicação

Cervejaria Nacional lança primeira sazonal de inverno em 2016


Brew pub preparou uma artesanal de estilo belga para aquecer os amantes de cerveja


A Cervejaria Nacional inclui mais uma sazonal em suas torneiras a partir do dia 6 de junho, dessa vez para dar boas vindas ao inverno. A Zé Tripel, como foi nomeada, foi produzida pela própria casa nas mãos do cervejeiro Guilherme Hoffmann, e trata-se de uma cerveja Tripel Belga tradicional e equilibrada com maltes na medida certa, combinando também com as baixas temperaturas.

Com 8% de teor alcoólico e 20 IBU, a Zé Tripel recebeu, além de malte de cevada, trigo e aveia maltados e crus. De cor dourada, a bebida leva açúcar, para aumentar o nível de teor alcoólico, anis e semente de coentro, que dão um aroma inigualável à receita. Foram produzidos 450 litros para serem provados em taça de 260 ml (R$ 26), enquanto durarem os estoques. 

Sobre a Cervejaria Nacional

Pioneira no segmento de microcervejarias que se espalhou pela cidade nos últimos anos, a Cervejaria Nacional foi a primeira fábrica-bar de São Paulo. Aberta em 2011 no efervescente bairro de Pinheiros, conta com a fábrica visível aos olhos dos clientes e ali, em enormes panelas de cozimento e tanques de fermentação, mantém toda a produção que abastece o endereço. Nas torneiras, oferece regularmente seus cinco rótulos já consagrados, como a Mula IPA e a Kurupira Ale, ao lado de receitas sazonais que surgem em ritmo acelerado, com média de duas novidades por mês, mostrando a inquietude e a curiosidade que movem a equipe. O brew pub se destaca pela qualidade na produção, o respeito pelo produto e o atendimento ao cliente. A constante busca pela excelência e pela renovação é reconhecida nos inúmeros prêmios conquistados: em 2015, foi escolhida pelos leitores o melhor lugar para tomar chope na Veja Comer & Beber; conquistou, pelo 2º ano consecutivo, o Certificado de Excelência pelo Trip Advisor e o mestre cervejeiro da casa, Guilherme Hoffmann, ficou entre os finalistas da categoria “Mestre Cervejeiro” do prêmio Prazeres da Mesa/Cacau Show; em 2014, a casa ficou entre as 30 melhores cervejas produzidas ou servidas no Brasil, eleitos pela revista Forbes.

Serviço:
Cervejaria Nacional
Endereço: Av. Pedroso de Morais, 604, Pinheiros
Telefone: 11 4305-9368
Telefone para reservas: 11 3034-4318
Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 12h a 0h, domingo, das 13h às 22h

Fonte: Anexo Comunicação

Mortal Kombat vai virar cerveja nos EUA


A cervejaria Sound Brewery, de Washington, nos EUA, fechou uma parceria com a Warner Bros. e vai produzir uma linha de cervejas baseadas em Mortal Kombat.

Serão três produtos para três personagens: Sub-Zero, Scorpion e Raiden. Os nomes? Sub-Zero Imperial IPA, Scorpion Imperial Stout e Raiden Imperial Saison.

As cervejas serão vendidas em garrafas de 650 ml em edição limitada exclusivamente nos EUA.

Fonte: O Viral

Restaurante brasileiro nos EUA realiza promoção de Dia dos Namorados


Os participantes concorrem a uma diária em um hotel cinco estrelas no Brasil, Miami ou Orlando


O Camila’s, restaurante brasileiro com unidades em Orlando e Miami, nos Estados Unidos, está promovendo uma promoção de Dia dos Namorados para brasileiros dentro e fora do território nacional. A campanha, que vai presentear o casal vencedor com uma diária num hotel cinco estrelas no Brasil, Orlando ou Miami, consiste na publicação de um vídeo de 15 segundos no Facebook ou Instagram com as hashtags ‪#‎diadosnamoradoscamilas, ‪#‎temperodoamor e ‪#‎hotel5estrelas.

Leonardo Charamba, um dos proprietários do restaurante, afirma que a promoção foi pensada para seguir a tradição nacional, uma vez que o estabelecimento é reconhecido por sua identidade brasileira, oferecendo não apenas o cardápio de comidas típicas, mas também as características culturais do País. “O Dia dos Namorados nos Estados Unidos foi comemorado em fevereiro, mas por já sermos reconhecidos como um restaurante tradicionalmente brasileiro em solo americano, decidimos não deixar a data passar em branco. Por isso, a promoção também é válida para os que estão no Brasil”, explica.

A inscrição é realizada através da publicação dos vídeos, que podem ser enviados até o dia 9 de junho. O resultado será divulgado no dia 10 de junho de 2016 nas redes sociais do Camila's, onde está disponível o regulamento completo da promoção. Além disso, brasileiros que forem a qualquer uma das unidades do restaurante no dia 12 de junho e pedirem uma garrafa de vinho também serão presenteados com um par de taças personalizadas.

Serviço:
Prazo de inscrição: Até o dia 9 de junho
Regulamento completo: https://goo.gl/JwgUxb
Endereço: 5458 International DriveFL32819
Funcionamento: das 11am às 12am.

Sobre o Camila’s Restaurant
Fundado em 1989 em Miami e em 1994 em Orlando, o Camila’s é o maior restaurante brasileiro e o mais tradicional nos Estados Unidos. Em 2013, foi comprado pelos ex-funcionários Leonardo Charamba e Alex Alencar.

O Camila’s é ponto de apoio e encontro para turistas e residentes brasileiros, sendo considerado até mesmo uma ’embaixada’, onde pode-se encontrar comida tipicamente brasileira como feijoada e churrasco, além de atendimento em português e programação 100% brasileira nas televisões.

Informações à imprensa

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Edelbrau relança seu sucesso de inverno: uma Oatmeal Stout com edição limitada

Edelbrau Winter

Com foco nos meses mais frios, a Cervejaria Edelbrau já retomou a produção da Edelbrau Winter Oatmeal Stout, cerveja de alta fermentação e coloração escura. Isso significa que desde a segunda quinzena de maio o rótulo, que é sazonal e tem edição limitada, está disponível para comercialização na loja da cervejaria, em Nova Petrópolis, e em bares, restaurantes e mercados selecionados.

A Edelbrau Winter apresenta sabor e aroma de maltes tostados que remetem a chocolate e café. Sua combinação especial de aveia e malte de centeio conferem-lhe um corpo aveludado, revelando um amargor suave que equilibra o paladar da bebida. Com teor alcoólico de 5,1%, harmoniza com carnes vermelhas, frutos do mar e sobremesas a base de chocolate.

Fonte: Edelbrau

Pré-lançamento da Cerveja Bruna Surfistinha


A ACME BEER é uma distribuidora de Cervejas especiais de Campinas-SP e acaba de desenvolver o projeto da Cerveja Bruna Surfistinha!

A ACME BEER Lançará oficialmente durante o 1° Arraial Mercado Mundo Mix em São Paulo nos dias 11 e 12 de Junho a cerveja Bruna Surfistinha. 

A cerveja é uma Fruit Beer com Laranja in natura e Trigo não maltado com 4% de Álcool e apenas 15 IBU.Deliciosamente leve, refrescante, cítrica e com baixo amargor. 


Produzidas em Long Neck de 355ml com excelente apresentação, rótulo criativo, fashion, apropriado para o produto e segmento escolhidos pelos elaboradores do projeto. Nesse evento também será disponibilizada na versão CHOPP.

Foi produzida em cervejaria de alto conceito, utilizando matérias primas de qualidade. Após o Arraial Mundo Mix, a ACME fará vários lançamentos em lojas e Bares Cervejeiros do Estado de São Paulo

1º Arraial Mercado Mundo Mix
Rua Tagipuru, 699, São Paulo - SP, 01156-000, Brasil

Fonte: ACME BEER

Mr. Beer comemora o Dia da Cerveja Brasileira


Fabiano Wohlers, fundador da rede, destaca a qualidade e os prêmios dos rótulos nacionais


No próximo domingo, dia 5 de junho, é comemorado o Dia da Cerveja Brasileira. Para celebrar a data, a Mr. Beer, rede de franquias de cervejas especiais, destaca as conquistas do segmento no país e sugere alguns rótulos para brindar o dia. 

“O mercado brasileiro de cervejas especiais evoluiu bastante nos últimos anos, tanto com a quantidade de novos rótulos, como com o aumento de informações e conhecimento dos consumidores. A qualidade das nossas cervejas também vem melhorando ano a ano, muitas sendo inclusive premiadas no exterior”, afirma Fabiano Wohlers, fundador da Mr. Beer.

Para brindar a data, a Mr. Beer sugere os rótulos da linha Santa Muerte, desenvolvidos pela rede em parceria com a cervejaria Dama Bier, de Piracicaba, e o estúdio de tatuagem Tatto You.

Santa Muerte Session Ale Mr Beer

Extremamente aromática, a cerveja leva em sua receita o lúpulo australiano GALAXY. Bastante refrescante, ela se adequa perfeitamente ao clima e paladar brasileiro. Ótima harmonização com hambúrgueres, comida mexicana e churrasco.

Preço sugerido: R$ 19,90

Santa Muerte Nut Brown Ale Mr Beer

A Nut Brown Ale é produzida com castanhas do Pará. Harmoniza com frutas secas e panetone, própria para a época do Natal, e sobremesas de chocolate com amêndoas ou castanhas. A cerveja Santa Muerte Nut Brown Ale ganhou a medalha de bronze no Australian International Beer Awards, na categoria English Brown Ale. Também foi premiada com a medalha de Ouro no English Brown Ale do Festival Brasileiro da Cerveja de 2016.

Preço sugerido: R$ 19,90

Para mais informações acesse: www.mrbeercervejas.com.br.

Sobre a Mr. Beer

Fundada em 2009, em São Paulo, como um quiosque de cervejas especiais, a Mr. Beer teve rápido crescimento e atualmente é a maior rede franquias do segmento no país, com mais de 50 unidades espalhadas pelo Brasil. A Mr.Beer oferece mais de 150 rótulos de cervejas especiais, 100 deles importados com exclusividade para o país pela própria franqueadora. Além disso, são mais de 80 acessórios relacionados ao mundo cervejeiro e kits licenciados e comemorativos de diversas marcas. As lojas da rede são sinônimo de excelência em rótulos, atendimento personalizado e harmonização.


Fonte: Dezoito

Loja Mestre-Cervejeiro.com abre sua segunda loja no mato Grosso do Sul


Rede de cervejas artesanais expande na Região Centro-Oeste 


No dia 2 de Junho, a partir das 19h00, a rede de franquias de cerveja artesanal, Mestre-Cervejeiro.com, abrirá sua primeira unidade em Dourados, Mato Grosso do Sul. A cidade, que possui o título de Portal do Mercosul, está entre as unidades que apresentam as maiores taxas de urbanização do país. 

Localizada na rua Rua Monte Alegre 2555, Sala 8, a loja de 52 metros quadrados conta com 160 rótulos de cervejas especiais - com destaques para Mestre-Cervejeiro.com Session Porter (Curitiba, PR), Moagem (Campo Grande, MS), Dieu du Ciel! (Canadá), Delirium Tremens (Bélgica) -, além de um mix de produtos, como camisetas da marca, kits cervejeiros, taças, copos, e petiscos gourmet. 

Os franqueados Fernando Pavani e Bruno Rojas explicam a escolha pela franquia: "A opção pelo Mestre-Cervejeiro.com surgiu de uma visita que fiz à Cascavel, então conheci a loja de lá, o atendimento prestado realmente faz jus ao slogan da Cultura da Cerveja. Quando retornei à Dourados eu já comecei a me mexer para montar uma loja igual", afirma Fernando. "Já tinha experimentado algumas cervejas artesanais e lido alguma coisa a respeito. Quando fui a Blumenau na Oktoberfest e visitei algumas lojas, e desde que definimos abrir a loja tenho pesquisado mais sobre o assunto e procurado degustar diferentes rótulos. Não temos muitas opções aqui na cidade, o que nos deixa com a expectativa em alta por ser a primeira loja da região a trabalhar com a cultura da cerveja', completou Bruno. 

O Mestre-Cervejeiro.com oferece dois modelos de franquia - os formatos de loja de rua e de quiosque. Além de fechar 2015 com 40 unidades em funcionamento, a rede espera chegar até dezembro deste ano com 70 contratos assinados para abertura de lojas em 2016, a maioria nas regiões Sul e Sudeste. Os interessados em abrir uma franquia do MestreCervejeiro.com deverão preencher um rápido cadastro no site www.mestrecervejeiro.com/franquias ou entrar em contato pelo email: contato@mestrecervejeiro.com

SERVIÇO 
Mestre-Cervejeiro.com Dourados 
Endereço: Rua Monte Alegre 2555, Sala 8 - Vila Planalto - 79826-040 - Dourados, MS Fone: (67) 3038-3227

Fonte: ÔNIXPress


Birreria Escondido tem lançamento de nova cerveja cigana carioca

Para acompanhar, hÁ 20 opções de pizza (Foto: Divulgação)

Bella Session IPA é uma das estreias nas torneiras do bar de Botafogo em 2 de junho


A Birreria Escondido pluga três rótulos novos na quinta, 2 de junho. O destaque principal é a Bella Session IPA (35 de IBU, 4,5% ABV) é lançamento oficial da nova cervejaria cigana carioca de mesmo nome (R$ 14,90 por 290 mililitros).

As outras duas atrações serão plugadas pela primeira vez na casa: uma é a Born 2 Rock, uma Imperial IPA da cervejaria Oceânica (90 de IBU, 9% ABV, R$ 17,90 por 290 mL, e a outra é o segundo rótulo da Green Lab, a Jazzy Ginger (7% ABV, 20 IBU, R$ 17,90 por 290 mL).

Para acompanhar, os destaques nos pratos são 20 sabores de pizza.

Serviço

O que: lançamento da Bella Session IPA na Birreria Escondido, CA
Onde: Rua Voluntários da Pátria, nº 53 – Botafogo
Quando: 2 de junho, quinta, de 18h à 1h

Fonte: Revista Beer Art

Lançamento da cerveja “Wanna Funky?” da cervejaria cigana Gobe Brew, de Curitiba/PR

Cerveja Wanna Funky?

Em 19 de junho de 2016, a Gobe convida todos a festejarem a cultura cervejeira de Curitiba com o lançamento da sua mais nova receita, uma American Farmhouse Ale com Brettanomyces.

A Gobe Brew é uma cervejaria artesanal curitibana que nasceu em 2012, por meio de seus sócios-fundadores Alexandre Calvo e Marcos Vinicius Bardelli, objetivando inovar com receitas marcantes, sutis e equilibradas, abordando o universo de possibilidades que as craft beers podem oferecer.

A “Wanna Funky?” surgiu através de experimentos feitos na panela de testes dos sócios. O principal atributo da cerveja é o equilíbrio entre as características de uma Saison Americana (American Farmhouse Ale) com o “funky” da fermentação secundária com Brettanomyces Bruxelensis, uma levedura selvagem que é fundamental na composição de cervejas Belgas como Lambic, Flanders Red Ales, Gueuze e Kriek.

A receita tem 6,4% de ABV e 15 IBUs, e foi desenvolvida com maltes especiais e lúpulos americanos (Equinox e Simcoe). Sua fermentação com Bretta proporciona um corpo leve com um final seco, levemente acidificado. 

Além da recém-brassada “Wanna Funky?”, a cervejaria conta com mais duas receitas em seu portfólio, uma American Wheat Beer (Elegant Citrus - Cerveja de trigo com fermentação americana e adição de cascas de laranja Bahia e limão Siciliano, 5,4% ABV e 20 IBUs) e uma American Wheat IPA ( Hop Paradise - IPA com 45% de trigo em sua composição, 7,1% ABV e 53 IBUs);

Onde encontrar?

O lançamento da “Wanna Funky?” ocorrerá em 19/06 na cervejaria em que é produzida, Bastards Brewery de Pinhais/PR (Rua Paranavaí, 1142), juntamente com o aniversário de 1 ano da God Save The Beer, bar curitibano que conta com variedades de cervejas brasileiras e internacionais em sua carta.

Fonte: Cervejaria Gobe

Fuller's India Pale Ale - Degustação nº 593


Fabricada com selecionados maltes e lúpulos ingleses, como Goldings, Fuggles e Target, essa cerveja é um clássico no universo cervejeiro. Fiel à tradição deste tipo de cerveja, esta IPA faz jus ao seu nome.

Cervejaria: Griffin Brewery
Origem: Londres (Inglaterrra)
ABV(%): 5,3
Estilo: English India Pale Ale 
Embalagem: Garrafa de 500 ml

É uma cerveja de coloração cobre, com corpo claro. Sua espuma de cor bege e cremosa apresentou boa formação e retenção, além de bom belgian lace no copo. 

No aroma intenso, o malte remete a biscoito, caramelo, chá e leve tostado. O lúpulo está presente de forma média e é herbal. No sabor o malte continua remetendo a caramelo, que conferem um dulçor a cerveja, porém bem com o amargor do lúpulo. 

O retrogosto é duradouro e levemente amargo. Corpo de leve e rescência médio-baixa. Cerveja com bom drinkability. Muito boa!

Saúde!
Luiz Araújo 

Gypsy Soft Focus - Degustação nº 592


A cerveja artesanal escocesa BrewDog Gypsy Soft Focus é uma American Wheat Beer da série Gypsy Inc, projeto da Mikkeller com o coletivo de cervejeiros que foi responsável por mais de 60 lançamentos comerciais. Uma cerveja de trigo com dry-hopping de lúpulos americanos.

Cervejaria: Mikkeller/Gypsy Inc.
Origem: Escócia/Dinamarca
ABV(%): 4,7
Estilo: American Wheat
Embalagem: Garrafa de 330 ml

A cerveja apresentou coloração amarela, corpo turvo, com espuma média de cor branca e de rápida dissolução. Formou bom belgian-lace no copo.

No nariz leve toque de malte, mel pão e cereais. Aromas cítricos mais intensos, dominado pela laranja, além do lúpulo floral. O sabor acompanha o aroma com dulçor e amargor moderados e leve acidez.

Corpo leve, textura levemente frisante e boa carbonatação. Cerveja com ótimo drinkability. O retrogosto é médio, levemente amargo e seco. Altamente refrescante e fácil de beber!

Cheers!
Luiz Araújo

Gypsy Pilsner - Degustação nº 591


A cerveja artesanal dinamarquesa Tipsy Gypsy é a Pilsnerda série Gypsy Inc, projeto da Mikkeller com o coletivo de cervejeiros que foi responsável por mais de 600 lançamentos comerciais. 

Cervejaria: Mikkeller/Gypsy Inc
País: Escócia/Dinamarca
ABV(%): 4,7
Estilo: Pilsener
Embalagem: Garrafa de 330 ml

É uma cerveja de coloração dourada, com corpo límpido. Sua espuma de cor branca, apresentou boa formação, bem como em sua persistência. Formou excelente belgian lace no copo.

No aroma, o malte remete a mel, pão e cereais. O lúpulo está presente e é floral, cítrico, com notas de lima e maracujá. No sabor leve dulçor e amargor moderado.

O retrogosto é duradouro, amargo e seco. Corpo leve, textura sedosa e rescência mediana. Cerveja com ótimo drinkability. Boa cerveja!

Salute!
Luiz Araújo 

sábado, 28 de maio de 2016

Globo Rural de 29/05/16, domingo, fala sobre a cerveja




A edição do Globo Rural do dia 29 de maio de 2016, domingo, apresenta uma reportagem que promete agradar muito os apreciadores de cerveja. O programa fala sobre a flor do lúpulo, ingrediente responsável pelo amargor e o aroma especial da bebida. Programa mostra que no Brasil não tem lúpulo. Porém, um agrônomo descobriu por acaso uma variedade brasileira da Flor. É uma grande promessa da cervejaria nacional.

Fonte: Registro Pop

IPA Day Brasil divulga novidades para 2016


Evento irá selecionar aficionados em cerveja artesanal para compor a brigada do “IPA Working Experience” , que atuará na festa. Esforços dos organizadores são para proporcionar conforto e diversão aos participantes.

A 5ª edição do IPA Day Brasil, evento dedicado exclusivamente às cervejas do estilo India Pale Ale, que ocorre anualmente em Ribeirão Preto, tem nova data e local: será no dia 5 de novembro, noCentro de Eventos Quinta Linda. “Optamos por mudar a data para novembro pensando na melhor distribuição dos eventos cervejeiros de Ribeirão Preto ao longo do ano. Se hoje temos o maior festival de IPAs do mundo,devemos muito ao universo cervejeiro de Ribeirão Preto, que acolheu a ideia de uma festa tão diferente e amarga ainda em 2012. Temos muitos a retribuir a este público”, explica Rafael Moschetta, sócio da Academia de Ideias Cervejeiras, organizadora do evento.

Outra novidade é que este ano, será comercializado um número menor de ingressos, para priorizar o conforto e o entretenimento dos convidados. Também com o objetivo de oferecer um atendimento ágil e qualificado aos lupulomaníacos, será criada a brigada “IPA Working Experience”, um grupo seleto de aficionados que vai trabalhar diretamente no serviço de cervejas.

“A ideia é agilizar o serviço, mobilizando uma equipe duas vezes maior que a do ano passado, colocando mais pontos de serviço e mais chopeiras”, avalia Moschetta. Além da remuneração compatível, para incentivar a participação de homebrewers, sommeliers de cerveja e afins, a Academia de Ideias Cervejeiras irá realizar um evento exclusivo para eles, sem venda de ingressos, com cervejas selecionadas, comida e música ao vivo.

A equipe de credenciamento da entrada também será ampliada para facilitar o acesso ao evento. Da mesma forma, o controle do ingresso e a entrega dos kits com copo e livreto informativo será simplificado. “Recebemos mais de 450 sugestões e críticas após o evento do ano passado e estamos levando essas manifestações em consideração para fazermos um evento melhor este ano. Será um Novo IPA Day Brasil”, afirma Moschetta.

Dentre os ajustes está a ampliação das opções gastronômicas, incluindo food trucks e chefs preparando pratos temáticos da festa para harmonizar com o amargor das IPAs. Outra medida, visando a segurança dos participantes, é o convênio com hotéis e translado, para incentivar que ninguém volte dirigindo. Variedade e qualidade dos rótulos, atrações musicais baseadas em muito rock n’ roll, qualidade de som e água disponível à vontade – já característicos do evento – prometem ser mantidos.

O IPA Day Brasil ocorre no Centro de Eventos Quinta Linda, dia 5 de novembro, das 14h às 22h. Para maiores informações, acesse a página do evento no Facebook.

Fonte: Revista da Cerveja

    Heineken se junta a cervejaria filipina para crescer na Ásia


    Por Luísa Melo, Exame.com

    A Heineken International assinou nesta sexta-feira (26) um contrato para formar uma joint venture com a Asia Brewery Incorporated. Os termos financeiros da parceria não foram divulgados.

    A fabricante de bebidas é uma gigante do setor nas Filipinas e pertence ao LT Group.

    O negócio dará origem à AB Heineken Filipinas. Pelo acordo, a Heineken ficará responsável por tornar "mais premium" as marcas do portfólio da nova empresa.

    As duas fábricas que a Asia Brewery tem nas Filipinas e em El Salvador serão aprimoradas para produzir marcas da Heineken.

    Enquanto a adaptação não fica pronta, ela vai distribuir as cervejas Heineken e Tiger nas Filipinas.

    Segundo comunicado, a joint venture adotará as políticas globais da Heineken em relação a fornecedores, abastecimento, gestão de água, cuidados com os funcionários, direitos humanos e consumo responsável do álcool.

    "Essa parceria representa uma boa oportunidade de negócios para Heineken. Ela aumenta nossa exposição a um outro mercado em uma região com forte potencial de crescimento", disse em nota Frans Eusman, presidente da nova companhia formada.

    A transação ainda depende de aprovações regulatórias. Os processos devem ser iniciados no quarto trimestre.

    Fonte: Exame

    Wäls lança cervejas especiais para brindar os 10 anos do Inhotim

    Walkeriana, Impetus e Reticulata são inspiradas nas preciosidades do maior centro de arte contemporânea a céu aberto da América Latina (Foto: Divulgação)

    Red IPA, Farmhouse Ale e Witbier homenageiam o centro de arte contemporânea a céu aberto



    Para celebrar os 10 anos do Inhotim, o maior centro de arte contemporânea a céu aberto da América Latina, a Wäls lança três novas cervejas. A Wäls Impetus é uma Red IPA, a Walkeriana uma Farmhouse Ale e a Reticulata uma Witbier.

    José Felipe Carneiro, mestre-cervejeiro da Wäls, destaca:

    “A Wäls é mineira, o Inhotim é mineiro. Ambos são ousados e inovadores, e acreditamos que o nosso encontro é a representação completa do espírito artístico com a natureza. Nossa inspiração foi traduzir em cerveja tudo aquilo que Inhotim representa para a arte mundial.”

    Assim que soube da comemoração, o time da Cervejaria procurou uma maneira de fazer uma homenagem aos 10 anos e criou receitas inspiradas nas marcas registradas do centro de arte contemporânea: sua arte, seu jardim botânico e sua região (Brumadinho, Minas Gerais).

    “É uma experiência sensorial completa que passa pelos cinco sentidos. Toda a exuberância visual, sonora e tátil do Inhotim somada à experiência aromática e gustativa das receitas da Wäls”, conta o cervejeiro.

    A Wäls Impetus faz referência à obra Beam Drop, de Chris Burden, e traduz a vontade e a habilidade humana de se expressar, seja por uma obra de arte ou a receita dessa cerveja. Âmbar, forte e lupulada, esta Red IPA defumada é potente como a arte contemporânea.

    A Wäls Walkeriana é uma Farmhouse Ale com toque de baunilha e sabor frutado e perfumado. É uma cerveja expressiva com um arremate delicado e que faz homenagem às 17 mil orquídeas Walkerianas que habitam o Jardim Botânico do Inhotim, consideradas as mais perfeitas de sua espécie.

    A Wäls Reticulata é uma Witbier, leve e refrescante, e que representa a geografia da região e o cultivo da tangerina típica de Brumadinho.

    A linha de cervejas Wäls Inhotim 10 anos está disponível em garrafas de 375 ml com no Empório da Cerveja, na cervejaria Wäls e "em breve" nos principais pontos de vendas do país, pelo valor sugerido de R$ 22,00.

    Fonte: Revista Beer Art

    sexta-feira, 27 de maio de 2016

    Brooklyn Local 1 - Degustação nº 590


    Segundo Garrett, mestre cervejeiro da Brooklyn, essa cerveja se trata de uma Strong saison. É um mix de culturas, pois leva em sua lista de ingredientes açúcar das Ilhas Maurítuis, fermento da Bélgica, maltes e lúpulos da Alemanha, e, claro, a criatividade americana.

    Cervejaria: Brooklyn
    Origem: EUA
    ABV(%): 9
    Estilo: Belgian Golden Strong Ale
    Embalagem: Garrafa de 750 ml

    É uma cerveja de coloração alaranjada, com corpo turvo. Sua espuma de cor de branca e densa apresentou boa formação e persistência, com excelente transição de renda no copo.

    No nariz malte remetendo a cereal e mel. Presença de ésteres frutados, frutas amarelas, pêssego, damasco, além de lúpulo floral e cítrico, com notas de laranja. Leve picância no sabor. Com os 9 % ABV, o álcool é bem inserido. O sabor acompanha o aroma, com dulçor moderado e leve amargor.

    O aftertaste é médio e levemente amargo. O corpo médio e carbonatação idem. Médio drinkability. Muito boa cerveja!

    Saúde!
    Luiz Araújo

    Cerveja orgânica no Green Rio 2016

    SteinHaus Doppel Weizenbier

    Plataforma de negócios orgânicos e sustentáveis vai movimentar a Marina da Glória nos dias 2, 3 e 4 de junho


    Uma plataforma de negócios orgânicos e sustentáveis vai movimentar a Marina da Glória nos dias 2, 3 e 4 de junho. O Green Rio 2016 vai reunir representantes da economia verde e do setor orgânico para promover mais de 50 expositores comprometidos com alimentação e produção sustentável e bioeconomia. Entre os 50 expositores estão projetos de gastronomia, moda, beleza e turismo que desenvolvem seus serviços com base na economia verde. Um dos destaques é cerveja de trigo orgânica SteinHaus Doppel Weizenbier, não filtrada e elaborada segundo a Lei de Pureza Alemã de 1516. De coloração acobreada e espuma densa, a receita é de 1854 e foi aprimorada com o uso de lúpulo cascade, que proporciona aroma e sabor cítrico.

    A rodada de negócios da edição 2016 contará com a parceria do programa Sebrae no Pódio e da Associação Brasileira dos Exportadores e Importadores de Alimentos e Bebidas (ABBA) e servirá de ponte entre fornecedores - restaurantes, caterings, redes de supermercados, hotéis, pousadas e lojas - e compradores. Segundo Maria Beatriz Martins Costa, idealizadora do evento, a expectativa é que sejam gerados mais de R$ 6 milhões em negócios, o dobro do volume alcançado em 2015. 

    Sobre o Green Rio

    O Green Rio teve sua primeira edição em 2012, quando foi um side-event da Rio +20. Ao longo desses quatro anos, o evento se firmou como plataforma de negócios sustentáveis que reúne expositores, palestrantes e representantes da economia verde e do setor orgânico. Em rodadas de negócios, o Green Rio já movimentou até hoje em suas quatro edições mais de R$ 8 milhões.

    Fonte: RPM

    William Bros Seven Giraffes - Degustação nº 589


    Essa deliciosa cerveja artesanal escocesa é um IPA feita a partir do blend de 7 grãos, 3 tipos de lúpulos e uma infusão de flor de sabugueiro e limão, batizada pela filha do Scott, um dos irmãos William que dão nome à cervejaria.

    Cervejaria: Williams Bros Brewing Co.
    Origem: Escócia
    ABV(%): 5,1
    Estilo: India Pale Ale (IPA)
    Embalagem: Garrafa de 500 ml

    É uma cerveja de coloração âmbar claro, com corpo límpido. Seu creme de cor branca apresentou ótima formação e persistência, com uma boa transição de renda no copo. 

    O aroma é intenso e o malte remete a caramelo e leve tostado. Lúpulo médio, herbal, cítrico com notas de limão. No sabor, muito equilíbrio entre dulçor e amargor moderados.

    O retrogosto é duradouro, leve amargo e seco. Corpo leve e rescência mediana. Cerveja com alto drinkability. Boa cerveja!

    Saúde!
    Luiz Araújo

    Coruja Otus - Degustação nº 588


    A Coruja vem se destacando no mercado nacional produzindo cervejas com personalidade e sabedoria. Versão pasteurizada da "Viva" para a Coruja voar mais longe. 

    Cervejaria: Coruja
    Origem: Porto Alegre-RS (Brasil)
    ABV(%): 4,5
    Estilo: Premium American Lager
    Embalagem: Garrafa de 500 ml

    É uma cerveja de coloração dourada, com corpo límpido. Sua espuma de cor branca apresentou ótima formação, persistência e formou boa transição de renda no copo. 

    No aroma, leve presença de malte e toque de cereais, mel e panificação. O lúpulo é leve e floral. No sabor, o dulçor do malte se sobressai ao levíssimo amargor.  

    O aftertaste é médio e com baixo amargor. Corpo leve, textura sedosa e rescência mediana. Cerveja com alto drinkability, bem leve e refrescante. Boa cerveja!

    Um brinde!
    Luiz Araújo

    quarta-feira, 25 de maio de 2016

    Cerveja pode Ajudar a Prevenir Gripes e Resfriados


    Pesquisa realizada no Japão descobre ingrediente na cerveja que ajuda a combater gripes e resfriados.


    A cerveja, paixão nacional, pode ser benéfica à saúde, é o que dizem pesquisadores japoneses. A pesquisa que foi conduzida pela Sapporo Medical University mostrou que um dos componentes do lúpulo (um dos ingredientes que compõe a cerveja, mas especificamente o humulo) é eficaz contra o vírus Sincicial Respiratório (VSR). Além disso, este componente químico ainda tem efeito antiinflamatório. Este vírus é causador de doenças graves, como pneumonia, bronquiolite e outras doenças inflamatórias.

    Diante dos resultados da pesquisa, a empresa japonesa Sapporo Medical estuda criar alimentos e bebidas com o humulo em sua composição, para que crianças também possam consumi-la, já que o VSR também afeta as crianças, provocando dificuldades respiratórias. O Vírus Sincicial Respiratório costuma circular nas épocas fria, como o inverno, provocando sintomas semelhantes à gripe e resfriados.

    Este não é o único beneficio encontrado na cerveja, estudos recentes mostraram que o consumo diário e moderado da bebida pode aumentar a produção de anticorpos em ambos os sexos, sendo mais eficaz no sexo feminino. Além disso, no ano passado foi anunciado que a cerveja é natural e muito saudável, a bebida contém menos calorias que um copo de leite, por exemplo. Outro estudo recente mostrou que o consumo regular e em poucas doses ajuda a diminuir o risco de doenças cardíacas. A cerveja traz muitos benefícios, mas claro que bebendo com moderação, já que um dos ingredientes presentes em sua composição em uma de suas versões é o álcool, que se consumido diariamente em altas doses pode causar danos como aumento de peso e principalmente doenças no fígado, por isso muita moderação ao seu consumo. Vale lembrar que há também a opção da cerveja sem álcool.

    Segundo os especialistas, a dose diária recomendada para o consumo é de 300 (trezentos) mililitros de cerveja para as mulheres e 600 (seiscentos) mililitros para os homens. Segundo os especialistas, essa é a dose essencial para obter os benefícios proporcionados pela bebida. E não importa se a cerveja é com álcool ou sem, de qualquer forma é benéfica.

    A cerveja é rica em antioxidantes, água e carboidratos. Além disso, contém poucos sais minerais. Assim, a bebida ajuda na hidratação do corpo, que é importante para prevenção e cura de gripes e resfriados. Aproveite o clima frio e brinde o feriadão com uma cerveja para espantar os males da gripe e resfriado, mas sempre com moderação.

    Fonte: Sobre Isso

    Schornstein lança documentários sobre o prédio que abrigará nova fábrica


    Websérie que homenageia o Mercado Weege, “Fábrica de Emoções” será disponibilizada na página da marca catarinense no Facebook. Nova fábrica tem inauguração prevista para o dia 18 de junho.

    Quando buscava o local para a nova fábrica, a Schornstein encontrou, ao lado da atual sede, em Pomerode/SC, um espaço único: além de possibilitar a implantação dos equipamentos que vão triplicar a produção da cervejaria, o prédio faz parte da história e do desenvolvimento econômico de uma das cidades mais alemãs do Brasil. Lá, até 1999, funcionou o mercado Weege, que era o centro de um complexo fundado em 1903, que incluía desde indústrias de alimentos e tintas até um posto de gasolina.

    “O prédio tem uma estrutura física que atendia muito bem às necessidades de uma cervejaria. Mas a nossa decisão por abrirmos lá a nova fábrica aconteceu porque entendemos que não era apenas um lugar, mas era a história que queríamos valorizar e continuar”, comenta Adilson Altrão, diretor da Schornstein. Altrão explica que, quando descobriam sobre a mudança da fábrica, muitas pessoas tinham algo para contar sobre o antigo Weege. Foi aí que tiverem certeza que era preciso restaurar, além da estrutura física, as histórias do local.


    Uma das maneiras encontradas pela fábrica para valorizar o passado do prédio foi através de um documentário que registrasse os depoimentos de pessoas que viveram lá. Batizada de “Fábrica de Emoções”, série será disponibilizada na página da marca no Facebook até o dia 15 de junho. Serão, ao todo, cinco capítulos contando a história desde a fundação do complexo pelo visionário Hermann Weege, até os legados deixados pelos mais de 90 anos de funcionamento. A produção foi dirigida pela Valvulado Filmes, e a concepção do projeto é da agência Pen.ag.

    Fonte: Revista da Cerveja

      Nove cervejas brasileiras premiadas no Australian Beer Awards

      Para conferir como ficou o ranking geral das cervejas brasileiras premiadas, clique aqui (Foto: Divulgação)

      Quatro cervejarias dividem três medalhas de prata e seis de bronze

      Com as cervejarias Bamberg (3), Dama Bier (3), Cerveja Blumenau (2) e Baden Baden (1), o Brasil conquistou nove medalhas no Australian International Beer Awards 2016. Destas, três de prata e seis de bronze. As de prata foram para Bamberg Altbier, a Dama ESB e para a Sun of a Peach (Cerveja Blumenau). Confira abaixo a lista completa:

      PRATA
      Bamberg Altbier (Cervejaria Bamberg)
      Dama ESB (Cervejaria Dama Bier)
      Sun of a Peach (Cerveja Blumenau)

      BRONZE
      Bamberg Rauchbier (Cervejaria Bamberg)
      Franconian Rhapsody (Cervejaria Bamberg)
      Dama Smoked Porter (Cervejaria Dama Bier)
      Dama Y'Iara (Cervejaria Dama Bier)
      Frida (Cerveja Blumenau)

      Fonte: Revista Beer Art

      Eviltwin Ich Bin Ein Berliner com Maracujá - Degustação nº 587


      Cerveja colaborativa entre a dinamarquesa Evil Twin e a brasileira Tupiniquim, essa versão é o mesma da receita da Evil Twin Brazil Berliner, mas com adição de maracujá. Medalhista de Ouro no Festival Brasileiro de Cerveja 2015.

      Cervejaria: Tupiniquim & Evil Twin
      Origem: Brasil/Dinamarca
      ABV(%): 4
      Estilo: Berliner Weisse
      Embalagem: Garrafa de 310 ml

      Trata-se de uma cerveja de amarelo palha e média turbidez. Apresentou uma espuma de cor branca, de ótima formação e persistência, com uma justa transição de renda no copo. 

      No aroma cereais, notas lácticas e maracujá. A presença do lúpulo é leve e floral. Sabor acompanha o aroma, com acidez se sobressaindo aos leves dulçor e amargor.

      O retrogosto é persistente, ácido e seco. Corpo leve, textura frisante e carbonatação alta. A cerveja tem alto drinkability e é muito refrescante!

      Saúde!
      Luiz Araújo

      Saint Bier Vienna - Degustação nº 586


      A Cervejaria Saint Bier nasceu em 2007, na cidade Forquilhinha, em Santa Catarina. A intenção era colocar Cerveja Santa Catarina, mas como já existia uma organização de água mineral com este nome, não foi possível, sendo colocado então o 'Saint' em inglês e o 'Bier' em alemão, que significa Santa Cerveja. Ganhadora da medalha de ouro na categoria Vienna Lager no Festival Brasileiro da Cerveja 2016.

      Cervejaria: Saint Bier
      Origem: Forquilhinha/SC
      ABV(%): 5,4
      IBU: 23
      Estilo: Vienna Lager
      Embalagem: Garrafa de 600 ml

      É uma cerveja de coloração âmbar médio, com corpo translúcido. Seu creme de cor bege apresentou bela formação e persistência, com boa transição de renda no copo. 

      No aroma, o malte remete a biscoito, caramelo e tostado. O lúpulo é muito leve. O sabor acompanha o aroma, com equilíbrio entre dulçor moderado e amargor.  

      O retrogosto é duradouro e levemente amargo. Corpo leve, carbonatação mediana e textura macia. Cerveja com alto drinkability. Boa cerveja!

      Saúde!
      Luiz Araújo

      Gypsy Gyp Wit - Degustação nº 585


      A cerveja artesanal Gypsy Gyp Wit é uma witbier da série Gypsy Inc, projeto da Mikkeller com o coletivo de cervejeiros que foi responsável por diversos lançamentos comerciais. 

      Cervejaria: Mikkeller/Gypsy Inc
      Origem: Lochristi-Hijfte (Bélgica)
      ABV(%): 5
      Estilo: Witbier
      Embalagem: Garrafa de 330 ml

      Cerveja de coloração amarelo-palha, corpo turvo, com creme branco, médio e de curta duração, com boa transição de renda no copo.

      No nariz aroma floral, cítrico, casca de laranja, além da presença de semente de coentro. O sabor acompanha o aroma, com dulçor moderado e leves amargor e acidez. 

      Corpo leve e média carbonatação conferem a esta cerveja ótima drinkabilidade. Boa cerveja e bem refrescante!

      Um brinde!
      Luiz Araújo

      Workshop: Vamos falar de Cerveja?



      Palestra sobre a cultura cervejeira com degustação conduzida acontecerá na capital do Mato Grosso do Sul.


      No dia 1º de junho, a partir das 19h00, a cidade de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, terá a presença de Daniel Wolff, sommelier de cervejas e diretor da rede Mestre-Cervejeiro.com, para um workshop especial.

      Daniel falará sobre a cultura da cerveja e as principais escolas cervejeiras do mundo, com uma degustação conduzida de rótulos característicos de cada região. "É uma oportunidade bacana para os que querem se aprofundar no universo cervejeiro", afima Wolff.


      O workshop será oferecido na loja Mestre-Cervejeiro.com Campo Grande, e tem vagas limitadas. Uma oportunidade imperdível para os apreciadores da bebida e para quem quer conhecer um pouco mais sobre a incrível história da cerveja.


      Valor: R$ 120,00 por pessoa.
      Inscrições na loja, telefone ou e-mail:
      Rua Bahia, 574 - Jardim dos Estados - Campo Grande/MS
      Telefone: (67) 3027-2329

      Fonte: ÔNIXPress

      terça-feira, 24 de maio de 2016

      Jambreiro Blondie - Degustação nº 584


      Essa é uma cerveja da escola inglesa, porém com forte presença de lúpulo americano da variedade Cascade, tanto de amargor, quanto de aroma; ou seja uma cerveja single hop. A cachorrinha do rótulo da Jambreiro é a Nina, eterna mascote da cervejaria, que além de simbolizar a fidelidade e cumplicidade entre o dono e o cão, tenta levar um pouco desse ambiente de quintal com uma imagem que acompanhou por muitos anos o cervejeiro em sua casa.

      Cervejaria: Jambreiro (Inconfidentes Cervejarias Conjuradas)
      Origem:  Nova Lima-MG (Brasil)
      ABV(%): 5,5
      Estilo: Belgian Blond Ale
      Embalagem: Garrafa de 600 ml

      É uma cerveja de coloração dourada, com corpo turvo. Apresentou uma enorme coroa de espuma, de cor branca, boa persistência formando um excelente belgian lace no copo.

      No aroma o malte remete a presença de cereais, pão e mel. Notas de laranja, tangerina e aroma cítrico. O sabor acompanha o aroma, com dulçor moderado, amargor médio-baixo. 

      O aftertaste é médio, indo do doce a um levíssimo amargor. Corpo leve e rescência alta. Cerveja com alto drinkability e bem refrescante!

      Salute!
      Luiz Araújo

      Heineken promove exibições da final da Champions League

      A Heineken é patrocinadora da competição desde 2005. Desta vez a final é entre dois times de Madrid: Real e Atlético (Foto: Divulgação)

      Eventos ocorrem em Porto Alegre, Gramado e Florianópolis


      Pela segunda vez em três anos, dois clubes madrilenos decidem a Final de uma das mais importantes a competições de clubes do futebol mundial: a UEFA Champions League. Real e Atlético de Madrid repetem a decisão de 2014 – quando os merengues ficaram com o título. A partida ocorre no sábado, 28 de maio, na cidade de Milão. AHeineken, patrocinadora oficial do torneio, prepara eventos exclusivos com transmissão da partida em Porto Alegre, Gramado e Florianópolis.

      Na capital gaúcha, o evento ocorre no Viva Open Mall, com a exibição da partida para convidados. São esperadas 300 pessoas para curtirem a final entre amigos num telão de LED de quatro metros. O local contará com outras atrações como DJ, sorteios e distribuição de brindes, mesa de pebolim, games e a apresentação da banda Nacional Kid.

      Em Gramado, a transmissão para o público ocorre em um dos locais mais charmosos da Serra Gaúcha: o Palácio dos Festivais. Já na capital catarinense, os convidados de Heineken se reúnem na Fields, uma das mais importantes casas noturnas da cidade, que estará fechada para o evento.

      A Heineken é a patrocinadora oficial da UEFA Champions League desde 2005. A marca é distribuída nos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina pela Vonpar Bebidas, parceira na promoção das exibições públicas da partida.

      Fonte: Revista Beer Art

      Birra del Borgo Re Ale 9º Anniversario - Degustação nº 583


      Uma versão de um rótulo já conhecido da cervejaria, o ReAle, porém especial e comemorativo para o aniversário da Birra del Borgo. A cada ano com novas receitas e técnicas de fabricação, mas sempre uma agradável surpresa para os fãs da cervejaria. Para comemorar o 9º aniversário, a cervejaria nos brindou uma India Pale Ale que reúne lúpulos americanos, europeus, asiáticos e até mesmo da Oceania. 


      Cervejaria: Birra del Borgo
      Origem: Itália
      ABV(%): 5,8
      Estilo: India Pale Ale (IPA)
      Embalagem: Garrafa de 750 ml

      É uma cerveja de coloração dourada, com corpo turvo. Sua espuma de cor marfim, apresentou boa formação, persistência e bom belgian lace no copo. 

      No aroma, o malte remete a cereais, biscoito tostado e caramelo. O lúpulo está presente de forma intensa e é herbal, bastante cítrico, perfumado, com notas de maracujá, laranja e pinho. No sabor, muito equilíbrio entre o dulçor do malte e o amargor.

      O retrogosto é duradouro, levemente amargo e seco. Corpo médio-baixo, textura macia e rescência média. Cerveja com ótimo drinkability. Excelente cerveja! Uma IPA que agrada até quem não curte forte amargor.

      Salute!
      Luiz Araújo 

      Cervejaria Zehn Bier faz parte da recém lançada Rota Vale da Cerveja


      A Cervejaria Zehn Bier, de Brusque, é uma das 8 cervejarias que fazem parte da Rota Vale da Cerveja, lançada em março e que conta com quatro roteiros que incluem passeios por Ibirama, Blumenau, Brusque, Apiúna, Guabiruba e Gaspar. A Zehn Bier faz parte da rota “Brusque e Guabiruba” e a visita na fábrica tem duração de aproximadamente 45 minutos com degustação de cerveja nos tanques fermentados e certificado de participação.

      A Rota Vale da Cerveja é uma iniciativa conjunta da Associação das Micro Cervejarias Artesanais de Santa Catarina (Acasc), das prefeituras das cidades envolvidas, da Secretaria de Turismo de Blumenau, do Vale Europeu Convention & Visitors Bureau, Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (Sihorbs), CDL de Blumenau, Sindilojas, Escola Superior de Cerveja e Malte e as cervejarias da região.

      A rota tem por objetivo tornar a região conhecida em todo o País pela diversidade de cervejas artesanais produzidas no vale. No roteiro “Brusque e Guabiruba” são visitadas as cervejarias KiezenRuw e a Zehn Bier, que conta com 13 anos de experiência na fabricação de cervejas.

      O Vale da Cerveja começa com os roteiros “Natureza, História e Cerveja”, Brusque e Guabiruba”, “Blumenau das Itoupavas” e “Gaspar e Blumenau”. A ideia é que o projeto cresça e com o tempo e agregue novas opções de roteiros. De acordo com o presidente da Acasc, Giovanni Lapolli, o setor tem aproximadamente 50 empresas e gera pouco mais de mil empregos diretos em Santa Catarina. Segundo a Secretaria de Estado da Fazenda, as cervejarias representam anualmente cerca de R$ 8,24 milhões na arrecadação do ICMS. A alíquota do imposto é de R$ 25%, aonde algumas empresa possuem o benefício nesta alíquota obtendo uma redução, com isso conclui-se que o segmento fatura anualmente quase R$ 70 milhões no Estado.

      Cervejaria Zehn Bier

      Faz um ano que a Zehn Bier mudou de donos e está sob uma administração profissional que tem por objetivo ampliar a participação no mercado de cervejas artesanais no Brasil. Nos últimos 12 meses, a empresa passou por reestruturações e investimentos. Uma dessas mudanças foi a retomada da distribuição da cerveja para todo o País. A produção, em um ano, pulou de 6 mil litros de chope para cerca de 30 mil litros. De acordo com os atuais gestores, Fernando José de Oliveira e Edson Bruning, ainda há capacidade para triplicar a produção.

      Cervejas

      A fabricação do chope e das cervejas Zehn Bier segue as tradições das Escolas germânicas de fabricação de cervejas, utilizando como matéria-prima quatro ingredientes: o malte, o fermento, o lúpulo e a água cervejeira, não são filtrados e não possuem conservantes. Tudo é feito de forma artesanal e cuidadosa por um mestre cervejeiro experiente. Atualmente, a empresa oferece uma gama de 6 produtos que são Pilsen, Pilsen Extra, Weizen, Heller Bock, Porter e Ipa, que podem ser adquiridas como chope ou envazadas nas garrafas de 500 ml não retornáveis como cervejas.

      Ficou interessado? Agende sua visita no (47) 3351-6685. Conheça todas as rotas no site www.valedacerveja.com.

      Fonte: Segs

      São Paulo Tap House tem novidades no cardápio

      Bolinho de Rabada

      A São Paulo Tap House ganha novas companhias no cardápio para as cervejas artesanais de suas 40 torneiras. Na petiscaria, a novidade é o Bolinho de Rabada (R$ 36). O Burguer SPTH (R$ 30) também é uma nova opção, são 180gr de hambúrguer artesanal acompanhado de queijo da Canastra, bacon, tomate, mini rúcula e cebola roxa no pão especial. E para compartilhar até quatro pessoas, o Rojão Paulista (R$ 94), é um prato tradicional do interior de São Paulo e vem com espeto de carne súina grelhada com tempero especial, acompanha arroz, farofa e vinagrete. Perfeito para os almoços em família ou com amigos aos finais de semana.

      Sobre o São Paulo Tap House

      Servindo chopes artesanais de diferentes partes do Brasil, a São Paulo Tap House se destaca por suas 40 torneiras, das quais saem a bebida sempre fresca e em temperatura ideal graças ao engate direto da câmera fria, onde repousa também o estoque da casa. Como vitrine do que está sendo produzido pelo país afora, traz ao paulistano a oportunidade de experimentar a maior diversidade de cervejas brasileiras divididas entre seus principais estilos e variando sempre entre novidades da área. Para acompanhar os chopes, que são servidos em dois tamanhos, um cardápio de comidinhas com tábuas de queijos e embutidos também artesanais brasileiros, além de outros petiscos e pratos de inspiração nacional.

      Serviço
      São Paulo Tap House
      Endereço: Rua Girassol, 340 – Vila Madalena
      Telefone: 11 3530-6602
      Horários: Terça-feira das 18h à 0h, Quarta a Sexta das 18h às 1h, Sábado das 12h à 1h e Domingo das 12h às 22h. Segunda fechado.


      Fonte: Anexo Comunicação

      SEBRAE/RS promove palestras sobre pasteurização


      Encontro ocorreu na última quinta-feira, 19, e contou com o apoio da empresa gaúcha Zegla. O Sebrae/RS, em parceria com a empresa de equipamentos para cervejarias Zegla, realizou uma palestra com membros do projeto Qualificar as Micro Cervejarias Artesanais do RS. Conduzida pelo engenheiro da Zegla, Manoel Cepeda, a apresentação ocorreu na unidade do Sebrae de Porto Alegre e teve como tema a pasteurização e a tecnologia que a empresa emprega em cada equipamento pasteurizador.

      Aramis Zuccolotto, vendedor técnico de equipamentos para cervejarias da empresa, conta que conheceu a gestora do projeto, Francine Danigno, durante o Mondial de La Bière Rio, no ano passado. “Desde lá, nos encontramos em feiras em Blumenau/SC e Bento Gonçalves/RS. Como a Zegla, em outras oportunidades, já participou de palestras em congressos e feiras, deixamos à disposição os nossos engenheiros especialistas para contribuir com o programa. E esperamos poder contribuir mais vezes e ajudar a desenvolver o polo cervejeiro do Rio Grande do Sul”, ressalta. A reunião contou ainda com a participação da técnica do Sebrae/RS Cristina Correia, que falou sobre o projeto Indústria Mais, cujo propósito é auxiliar pequenos negócios a otimizar sua produtividade. “Esta solução é composta por um diagnóstico e uma série de ferramentas para implementação por meio de consultoria nas empresas e tem como objetivo otimizar o tempo e reduzir desperdícios”, explica Francine. Participaram do evento representantes das microcervejarias Alcapone, Babel, Babilonia, Baldhead, Diefen, Fil, Horst&Biermann, Irmãos Ferraro, Ivoti, Lagom, Leopolders, Loeffler, Malvadeza, Maniba, Mooca, Oito, Ordeo, Sagrada, Seasons, Terapia, Urwald, Vitrola e Zapata.

      Desenvolvido pelo Sebrae/RS em 2015, o projeto Qualificar as Micro Cervejarias Artesanais do RS tem como objetivo estimular a profissionalização da gestão e o associativismo entre as microcervejarias do estado. Além de seminários, palestras, oficinas e visitas técnicas, o programa, que contempla cerca de 45 empresas, realiza, mensalmente, reuniões com os participantes.

      Fonte: Revista da Cerveja

      Resíduos de cerâmica na China indicam cerveja elaborada há 5.000 anos


      Resíduos de cerâmica encontrados em um sítio arqueológico revelaram as evidências mais antigas de fabricação de cerveja na China, há cerca de 5.000 anos - aponta a pesquisa publicada nesta segunda-feira no periódico americano Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS).

      A bebida era sofisticada e elaborada à base de várias plantas, entre elas a cevada.

      A identificação dos restos de cevada no sítio de Mijiaya, no nordeste da China, "representa a presença mais antiga na China desse cereal proveniente da Europa, o que supõe que seu cultivo no país data de mil anos antes" do que se pensava, afirma o estudo.

      "Isso sugere que a cevada foi usada durante muito tempo para fazer cerveja antes de se converter em um cultivo agrícola", acrescentam os pesquisadores.

      Fogões encontrados em buracos no sítio arqueológico serviam, provavelmente, para esquentar e triturar os grãos.

      Já os resíduos amarelados nas bordas das vasilhas, funis e ânforas sugerem que esses recipientes eram usados para fermentar a cerveja, filtrá-la e conservá-la.

      Análises do amido, dos grãos e dos fitólitos - resíduo mineral da decomposição das plantas - encontrados nesses recipientes revelam que se tratava de milhete (ou milho-miúdo), de cevada, de um grão mastigável conhecido como lágrimas de Job e de tubérculos.

      Alguns grãos de amido tinham marcas que indicavam o processo de maltar a cevada, essencial para a fabricação de cerveja, segundo os pesquisadores.

      "Todos os indícios arqueológicos revelam que os povos da cultura de Yangshao fabricavam uma cerveja à base de misturas, com ferramentas sofisticadas e domínio do controle da temperatura", conclui o estudo.

      "Meu palpite é que a cerveja tinha um gosto um pouco azedo e um pouco doce", disse à AFP o principal autor do estudo, Jiajing Wang, da Universidade de Stanford, na Califórnia.

      No entanto, é impossível saber exatamente qual era o sabor da cerveja, esclarecem os pesquisadores, já que eles não sabem qual era a proporção dos ingredientes utilizados.

      - A cervejaria mais antiga da China -

      Para Patrick McGovern, professor da Universidade da Pensilvânia e especialista em história da cerveja e do vinho, esses trabalhos "demonstram que se trata da cervejaria mais antiga encontrada até hoje na China".

      "Combinando dados arqueológicos, químicos e botânicos (...) encontraram novas e importantes informações sobre a introdução da cevada na China para produzir uma bebida fermentada", explicou à AFP o cientista, que não participou da pesquisa.

      Já foram encontradas evidências de fabricação de cerveja no Irã e no Egito, nesse mesmo período, segundo especialistas.

      Essa descoberta preenche uma lacuna entre os indícios das bebidas fermentadas mais antigas de que se tem registro na China, de 9.000 anos atrás, e as mais sofisticadas, que surgiram há 3.600 anos durante a dinastia Shang.

      Segundo McGovern, para se ter uma ideia do gosto da bebida de Mijiaya, seria possível analisar várias cervejas da Dogfish Head, em Rehoboth Beach, Delaware, cervejaria que reproduziu, com a ajuda do pesquisador, várias das receitas mais antigas do mundo.

      Fonte: ZH Notícias