Ninkasi, a Deusa da Cerveja

Ninkasi é a antiga deusa sumeriana da cerveja, que transformou uma mistura de água e cevada em um líquido dourado, conhecido hoje como cerveja.

Era uma deusa muito popular que fornecia cerveja aos deuses. Ela era considerada a própria personificação da cerveja.

Receba as postagens do Ninkasi Beer Club no seu e-mail!

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Deftones anuncia a sua cerveja própria, uma IPA chamada Phantom Bride

O Deftones é o mais recente grupo a entrar no mundo das cervejas customizadas.

A banda se uniu à cervejaria Belching Beaver, de San Diego, e irá produzir uma IPA customizada chamada “Phantom Bride”, em alusão a uma música do disco Gore.

A India Pale Ale de estilo West Coast tem lúpulos Mosaic, Amarillo, Simcoe e Citra, todos escolhidos pelo vocalista da banda Chino Moreno, que disse:

"Como conhecedor de cerveja foi um privilégio trabalhar com a Belching Beaver nos perfis de sabor e produzir uma cerveja que eu colocaria ao lado das minhas favoritas. Muito bom!"

O lançamento oficial da cerveja será em 03 de Outubro, e ela estará em lojas dos Estados Unidos, engarrafada.

Para apreciá-la na pressão (ou em chopp, como chamamos aqui no Brasil), os fãs poderão ir a um evento no dia 08 de Outubro no Slidebar em Fullerton, Califórnia.

Fonte: Tenho Mais Discos Que Amigos!

Let's Beer apresenta churrascada com cervejas maturadas em barril esse sábado!

Cervejas com café, baunilha e frutas vermelhas estão no cardápio do evento

Para fechar o mês em grande estilo, esse sábado o Let’s Beer - Tasting Bar, organiza uma grande churrascada com novidades envelhecidas em barril da cervejaria Dádiva. Durante todo o sábado serão servidos assados na brasa, executados pelo parceiro Bira Café/Bar, além da presença do food truck Chef na Brasa. 

Durante o sábado, o Let’s Beer servirá uma régua especial com as 3 variedades maturadas em barril e mais 1 cerveja importada para acompanhar.

SOBRE A DEGUSTAÇÃO

A cervejaria Dádiva lançou recentemente seu novo rótulo, a Odonata, uma Imperial Stout envelhecida por 3 meses em barril de Tennesse Whisky. Uma cerveja com 12,5% de teor alcoólico, 80 IBUs, escura, intensa e robusta, Para tornar tudo mais interessante, eles deram um toque especial e criaram 3 diferentes versões maturando a mesma cerveja com 3 ingredientes especiais:

Dádiva Odonata Barrel Aged Imperial Stout Café
Dádiva Odonata Barrel Aged Imperial Stout Baunilha
Dádiva Odonata Barrel Aged Imperial Stout Frutas Vermelhas

O serviço será de 100ml por rótulo (R$36,00 por pessoa) e o último rótulo também não deixa a desejar, com Fuller’s e Founders entre as opções que serão revezadas ao longo do dia.

1º Fuller’s Brewer’s Reserve #5 - Old Ale inglesa envelhecida em barril de Whisky escocês
2º Founders Curmudgeon - Old Ale americana envelhecida com melaço em barril de Bourbon
3º Fuller’s Imperial Stout - Clássico do estilo produzida com lúpulo Centennial e pétalas de rosas

CHURRASCADA 

Assados na brasa com dois pratos especiais ao longo do dia.
Almoço - 13h às 16h
Costela Suína com legumes na brasa, preparada pelo parceiro Bira Café/Bar (R$45,00).

Jantar - 16h às 23h
Bife Ancho de Angus Black acompanhado de fritas rústicas, apresentado pelo food truck Chef na Brasa (R$ 60,00).

Sanduíches e burgers também fazem parte do cardápio, por preços a partir de R$22,00 

Chopes Dádiva Odonata 
Half pint (250ml) R$24,00
Pint (400ml) R$34,00

SOBRE O LET’S BEER

Um empório de cervejas especiais com 4 torneiras de chope e mais de 250 rótulos de diferentes países, prontos para degustar, levar para casa (Growlers) ou presentear uma pessoa querida. A principal proposta é disseminar conhecimento sobre uma das bebidas mais apreciadas pelos brasileiros, seguindo o conceito de Tasting Bar, contando sobre as relações entre ingredientes, processos produtivos e sabores.

Sempre com um sommelier presente na casa, os lançamentos e degustações semanais, são eventos únicos no Let’s Beer. Empenhado em sempre disseminar a cultura cervejeira, Guto Procópio, um dos sócios proprietários, é professor no Instituto da Cerveja Brasil (ICB) e jurado certificado do BJCP.

SERVIÇO

Churrascada e degustação da cervejaria Dádiva
Data: 01/10 (sábado – durante todo o dia)
Endereço: Rua Joaquim Távora, 961. Vila Mariana, São Paulo/SP.
Horário: Seg a Qua: das 18h às 23h | Quinta a Sábado: das 12h às 23h |Domingo: das 11h às 18h.

LET’S BEER

Twitter: letsbeer_br
Instagram: letsbeer
Site Oficial: www.letsbeer.com.br

Fonte: Beer Press

Com Amstel, Heineken quer avançar no segmento popular de cerveja no Brasil

Lançada no país há um ano no eixo Rio-SP, marca número 2 do grupo atinge 1% de participação de mercado e tenta conquistar um novo tipo de consumidor para a empresa holandesa

Há um ano, a Heineken decidiu trazer para o Brasil a Amstel — a sua marca número 2 — para ganhar força e escala em um nicho no qual ela não tem peso significativo no país: o das marcas populares. É o chamado segmento mainstream, o preferido dos brasileiros, por onde desfilam nomes como Skol, Brahma, Original, da Ambev, Devassa (Brasil Kirin) e Crystal (Petrópolis). "93% do volume de cerveja vendido nesse país é de mainstream para econômico [aquelas de preço mais inferior no mercado]", diz Daniela Cachich, vice-presidente de marketing da Heineken no Brasil. "Se eu não estou nesse segmento, deixo de ter um potencial enorme de crescimento para a empresa".

A Amstel chegou para fechar algumas lacunas que travavam a expansão da companhia no país — a Heineken queria posicionar um produto popular forte no eixo Rio-SP, onde suas marcas Kaiser e Bavaria não vão bem. Ao mesmo tempo, a empresa holandesa buscava oferecer um produto a um preço mais acessível e com sabor mais encorporado nos supermercados. Com a Amstel, a companhia, detentora de 22% do segmento premium de cerveja brasileiro, não ficaria refém de uma única marca, a Heineken, que dá o nome à cervejaria e custa até 50% mais do que as populares. "Lançamos um produto para justamente estar no boteco", diz Daniela. 

Fonte: Época Negócios
http://epocanegocios.globo.com/Empresa/noticia/2016/09/com-amstel-heineken-quer-avancar-no-segmento-popular-de-cerveja-no-brasil.html

Programa ‘Pop Bola’ lança “tremenda” marca de cerveja artesanal

Produto será lançado durante o Mondial de la Bière (Imagem: Divulgação)

O programa ‘Pop Bola’ anunciou que vai celebrar os seus 15 anos ininterruptos no ar com o lançamento da cerveja artesanal Tremenda. Transmitida pelo sistema Globo de Rádio (98.1 FM e 1220 AM) no Rio de Janeiro, a atração fechou parceria com a cervejaria Malte Carioca para lançar o produto.

A novidade será apresentada no Mondial de la Bière, evento para os amantes da “gelada”, realizado de 12 a 16 de outubro, no Píer Mauá, no Rio de Janeiro. Apresentador do programa, Alexandre Araújo afirma que a ideia já estava sendo maturada há alguns anos. “Encontramos um parceiro que conhecia o programa e, coincidentemente, sempre teve o desejo de trabalhar conosco e fazer algo em parceria. A junção deu caldo, ou melhor, cerveja”, disse.

De acordo com os proprietários da cervejaria Malte Carioca, Yuri Lucas e Marta Soares, a combinação futebol e cerveja tem tudo pra cair no gosto dos ouvintes e consumidores. “A cerveja Tremenda nasceu da combinação perfeita para os dias de descontração e bate-papo com os amigos, isso é a cara do ‘Pop Bola’”, contou Marta.

Lucas comentou sobre o estilo da cerveja desenvolvida para o programa. “A Tremenda é uma cerveja Pilsen, na melhor combinação de maltes e lúpulos alemães. Aroma intenso de cereais vindas do malte e um leve floral. Cerveja clara apresenta cor dourada, de creme branco, denso e duradouro”, explicou.

O lançamento da “Tremenda” vem acompanhado do slogan: “ A cerveja do popular suado”. “Nossos ouvintes são chamados carinhosamente de populares. No programa sempre brincamos dizendo que eles são suados, engordurados, mas mesmo assim adoramos abraçá-los”, brincou o radialista Lopes Maravilha.

Segundo o vascaíno do programa, Alex Calheiros, a ideia de produzir um produto específico para o ‘Pop Bola’ cria relação ainda maior com o público. “Nós temos interação muito grande com nossos ouvintes, internautas, seguidores. Além da cerveja, vamos lançar camisas e copos personalizados. Acho que isso estreita a nossa relação com a audiência”.

Após o Mondial de la Bière, a cerveja Tremenda será vendida em casas especializadas, supermercados, bares e vendas on-line. “Depois da Tremenda” pretendemos lançar outros rótulos, sempre utilizando bordões expressões que tenham a cara do programa”, adiantou o apresentador Alexandre Tavares.

Além do lançamento no Mondial, o ‘Pop Bola’ prepara apresentação da bebida para a festa de ouvintes Freak of the Year. O tricolor Frajola falou sobre a novidade: “A festa será oportunidade para reunir os ouvintes, os cervejeiros numa grande celebração de final do ano”. 

Fonte: Comunique-se
http://portal.comunique-se.com.br/sub-destaque-home/82447-programa-pop-bola-lanca-tremenda-marca-de-cerveja-artesanal

SUD Birrificio Artigianale Pilsen Extra - Degustação nº 719


Na busca pela autenticidade máxima em cada estilo de cerveja elaborada em sua cervejaria, o SUD Birrificio une a mais alta tecnologia de seus modernos equipamentos à tradição cervejeira europeia e americana. Tradição esta, implantada através de seu mestre cervejeiro com formação na VLB-Berlim (Versuch und Lehranstalt fur Brauerei), cujo princípio é a elaboração de cervejas sempre na sua característica mais clássica e icônica.

Cervejaria: SUD Birrificio Artigianale
Origem: Bento Gonçalves-RS (Brasil)
ABV(%): 5
Estilo: Bohemian Pilsener
Embalagem: Garrafa de 500 ml

É uma cerveja de coloração dourada, com corpo límpido. Sua espuma de cor branca apresentou ótima formação, duração, com boa transição de renda no copo e ausência de partículas.

No aroma médio o malte remete a pão, mel e cereais e o lúpulo é leve e floral. No sabor há o dulçor que se sobressai ao leve amargor.

O retrogosto é médio, levemente amargo e seco. Cerveja bem refrescante, com corpo leve e rescência mediana conferindo ótimo drinkability. Bem refrescante!

Na zdravi!
Luiz Araújo 

Blonde Yakuza - Degustação nº 718


A Ogre Beer Blond Iakuza é uma cerveja exclusiva do Clube do Malte, feita com o lúpulo nipônico Sorachi Ace, que foi desenvolvido em 1970, passou a ser utilizado em 1984 e cultivado nos EUA a partir de 2006.

Cervejaria: Ogre Beer
Origem: Curitiba-PR (Brasil)
ABV(%): 6,5
Estilo: American Blonde Ale
Embalagem: Garrafa de 600 ml

É uma cerveja de coloração amarela, com corpo turvo. Apresentou grande coroa de espuma, de cor branca, boa persistência formando um excelente belgian lace no copo.

No aroma o malte remete a presença de cereais. O lúpulo é marcante, herbáceo, cítrico, apresentando notas de limão, além de um frutado. O sabor acompanha o aroma, com leve dulçor, leve salgado, leve acidez e amargor moderado. 

O aftertaste é duradouro, amargo e seco. Corpo leve e rescência média. Cerveja com alto drinkability! Boa cerveja!

Salute!
Luiz Araújo

Stammgast Hefeweizen - Degustação nº 717


Uma cerveja tradicional alemã do estilo German Weizen, que nasceu na Bavária, sul da Alemanha.

Cervejaria: Fürst Wallerstein Brauhaus
Origem: Alemanha
ABV(%): 5
Estilo: German Weizen
Embalagem: Garrafa de 500 ml

Cerveja de coloração alaranjada, turva, com espuma branca, ótima formação, persistente e sem transição de renda no copo e presença de partículas em suspensão.

No nariz, aroma frutado e banana, além de mel, cereais, tutti-fruti e cravo. No sabor, o dulçor é moderado e há uma leve acidez. 

Corpo médio, boa textura e carbonatação mediana. Aftertaste médio e levemente adocicado. Cerveja com alto drinkability. Boa cerveja!

Ein Prosit!
Luiz Araújo 

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Festival Beer Rio+3 na Cidade das Artes em dezembro

 

Pode anotar aí na sua agenda! Entre os dias 1º a 4 de dezembro, vai rolar na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, o maior festival de cervejas artesanais do Estado do Rio. O festival Beer Rio+3 espera receber e brindar o público com mais de 80 cervejarias de todo o Estado. A expectativa é que circulem pelo evento 6 mil pessoas por dia.

Em breve os valores serão oficialmente divulgados, no entanto devem girar em torno de R$ 30 para quem garantir o seu ingresso no primeiro lote.

O evento vai permitir que os fãs de cervejas artesanais conheçam e apreciem cervejas que nem sempre estão disponíveis facilmente. Grande parte das cervejarias do Rio de Janeiro são ciganas, ou seja, não possuem fábrica própria e por esta razão não têm a possibilidade de receber seus admiradores em "suas casas". 

O evento terá a curadoria de Gustavo Renha, Sommelier de cervejas, especialista em estilos de cervejas, dentre outras coisas mais e Ana Cláudia Pampillón, Beer Consultora, grande divulgadora da cena cervejeira, com passagens pelas cervejarias St. Gallen e Buda Beer, onde foi Gerente Executiva.

Em breve teremos mais informações sobre este grande evento.

Cheers!
Luiz Araújo


Bodebrown apresenta: Bière de Table


Restaurante Limoeiro
Av. Mal. Humberto de Alencar Castelo Branco, 669
Jardim Social, Curitiba - PR

Aproveite o período das comemorações da Oktoberfest nas lojas Mestre-Cervejeiro.com


Quer aproveitar a Oktoberfest mas Munique está longe demais? A partir do dia 01/10, as lojas da rede de franquias Mestre-Cervejeiro.com, presente em mais de 30 cidades por todo o Brasil, darão início às comemorações de Oktoberfest com muita cerveja alemã.

E para você não errar na hora de escolher a sua cerveja, o sommelier de cervejas e diretor da rede Mestre-Cervejeiro.com Daniel Wolff indica alguns rótulos do estilo Oktoberfest - também conhecido como Festbier -, produzido tradicionalmente para atender a demanda da festa.

“As cervejas desse estilo na Alemanha são produzidas no mês de março e estocadas a frio durante o verão, para serem consumidos entre o fim de setembro e o início de outubro, que é quando ocorre o evento lá em Munique. As Oktoberfestbiers são douradas, com perfil maltado remetendo a panificação e biscoito em conjunto com notas florais dos lúpulos alemães. São cervejas saborosas e fáceis de beber, tradicionalmente servidas no Masskrug, como é conhecido o caneco alemão de um litro”, afirma Daniel.

Veja abaixo cervejas desse estilo que você consegue encontrar nas lojas Mestre-Cervejeiro.com:

Weihenstephaner Festbier - Teor alcoólico: 5,8%

A Weihenstephan é uma das cervejarias mais emblemáticas e importantes da Alemanha. Notória por ser a cervejaria mais antiga do mundo ainda em atividade, ela tem origem em um mosteiro – daí o nome Weihenstephan, que vem de Santo Estêvão –, e hoje é uma empresa estatal, propriedade do estado da Baviera. A Weihenstephan é também uma das mais reconhecidas Universidades cervejeiras, e forma mestres cervejeiros do mundo todo.

Paulaner Oktoberfestbier - Teor Alc.: 6%
A Paulaner é uma das cervejarias que participa da festa e exporta para o Brasil a sua Oktoberfestbier. Apresentando aromas de cereais e leve amargor, é uma cerveja equilibrada e fácil de beber – pode encher o Maßkrug sem medo!

Bamberg Die Wiesn - Teor Alc.: 5,7%

Die Wiesn se chama o local onde é realizada a Oktoberfst em Munique, onde foi feito a castamente do príncipe Ludwig em 1810, ocasião que originou a festa. A Bamberg, outra cervejaria nacional que é intensa nas tradições alemãs, também produz uma Oktoberfest que tem que ser provada. Dourada, aromas de biscoito e floral. Médio corpo, média carbonatação e bom equilíbrio entre amargo e maltado.

Fonte: ÔNIXPress

The Mountain Season combina lançamento do disco de estreia e cerveja assinada no Estúdio Aldeia

foto: Mariana Rocha

Destaque na cena independente de Petrópolis, onde nasceu, a banda The Mountain Season, que vem ganhando espaço também no fervente cenário alternativo carioca, já começa outubro com o lançamento do primeiro disco e também da cerveja Mountain Ale. O power trio, formado por Pedro Caldara (guitarra/vocal), Rafael Fragoso (bateria) e Paulo Maganinho (baixo), traz nesse álbum uma coletânea do trabalho feito ao longo dos seis anos de vida. 

Além do álbum de estreia, a banda também lança a cerveja artesanal Mountain Ale. “A ideia foi minha. Eu fiz um curso de brasagem com o Thiago Taboada – autor da cerveja, eu tive esse estalo e comentei com ele, que topou na hora. Eu fui “estagiário” dele na fabricação da cerveja. A produção começou no fim de agosto. A arte foi toda desenvolvida pelo designer Leonardo Miranda”, comenta o vocalista Pedro.

A compra do ingresso online (R$25) garante não apenas a entrada no evento, mas um exemplar do álbum de estreia da The Mountain Season. 

Serviço

Lançamento do disco de estreia The Mountain Season no Estúdio Aldeia
Dia: 01 de outubro de 2016
Hora: 19h (abertura da casa)
Local: Estúdio Aldeia – Rua Olavo Bilac, 265 – Castelânea – Petrópolis/RJ
Ingressos: promocional (entrada + disco) – R$25 (https://www.sympla.com.br/show-lancamento-do-disco—the-mountain-season—estudio-aldeia-0110__86830) na porta: R$20

Fonte: Sopa Cultural
http://www.sopacultural.com/the-mountain-season-combina-lancamento-do-disco-de-estreia-e-cerveja-assinada-no-estudio-aldeia/

Kold – Cerveja com Menta

Cerveja Kold

Geolocalização vira estratégia ousada na busca de novos negócios. Num mercado cada vez mais competitivo, as estratégias para buscar novos negócios precisam se reinventar constantemente. Pensando assim, a Menta, de Flavio Casarotti, criou uma ação de self promotion junto às principais cervejarias do Brasil. A agência produziu e lançou uma marca de cerveja, a Kold, que tem como um de seus ingredientes, a menta. O lançamento do “novo produto” foi pensado detalhadamente para que ninguém perceba que se trata de uma ativação promocional.

Para gerar ainda mais curiosidade e chamar a atenção dos executivos, a agência desenvolveu uma estratégia de mídia on e off line baseada principalmente em geolocalização, além de alguns outros filtros. Tudo pensado para atrair a atenção dos funcionários das cervejarias. Pontos estratégicos, de relógios de rua a abrigos de ônibus localizados no entorno das principais cervejarias, vão trazer o layout da campanha da nova cerveja. “Assim, foi possível cercar esse público num raio de ação físico e virtual, numa estratégia de mídia que, de um jeito ou de outro, essa pessoa “topasse” com a Kold, a cerveja com Menta”, destaca Casarotti.

Ainda segundo o executivo, “a abordagem de novos negócios é sempre difícil para todos e, para quem está entrando como desafiante, é ainda mais complexo. Por isso, a Menta optou pela ousadia e investiu nessa ‘ação de guerrilha de marketing direto’ porque tem uma abordagem quase cirúrgica do público-alvo, despertando a curiosidade e a atenção dessas pessoas”.

Um plano de mídia on line foi desenvolvido para as redes sociais (Facebook, Instagram e Google) utilizando os mesmos critérios de geolocalização e visando a maior assertividade possível da mensagem junto ao target. O LinkedIn também fez parte da estratégia, contemplando o ramo de atuação da empresa, setor e tempo de mercado.

Para esta ação, a Menta produziu 50 litros da cerveja, uma Blond Ale artesanal com um leve toque de menta (a agência contratou um talento, o mestre cervejeiro Vitor Palma para a produção da bebida). Além de uma estratégia de mídia minuciosa, 30 kits da cerveja Kold foram enviados para profissionais de marketing das cervejarias. São brindes da marca (copo e camiseta) e duas garrafas de Kold, que tornam o “lançamento do produto” ainda mais real e impactam o público-alvo pela comunicação e pela experiência com o produto.

A ideia é levar as pessoas para o site www.cervejacommenta.com.br onde tudo se revela. Com a assinatura “Kold. Cerveja com menta. Já pensou nessa combinação?”, a agência conseguiu mostrar ao mercado sua expertise neste segmento. Ao longo da carreira, Casarotti acumula muitos cases de sucesso para grandes marcas de cerveja, como Bohemia, Heineken, Itaipava, Nova Schin, Crystal, entre outras. “A ação é um jeito diferente de abordar potenciais clientes. Sei que os movimentos de contas não são tão simples, mas acredito que uma estratégia inovadora e impactante é o que toda marca busca hoje em dia. E isso nós sabemos fazer”, declara.

Fonte: Portal da Propaganda
http://portaldapropaganda.com.br/noticias/8143/cerveja-com-menta/

Super Bock presenteia pessoas que "roubam" cerveja da geladeira do amigo


Todo mundo sabe: amigo de verdade não se sente uma visita em nossa casa. O “brother” entra sem bater e, claro, abre a geladeira sem pedir. E é esse tipo de intimidade que a cerveja Super Bock quis destacar em uma ação out of home feita em Portugal.

Criada pela agência Nylon, a campanha transformou uma geladeira em billboard, instalada em uma praia de Algarve. O eletrodoméstico estava trancado, e o conteúdo interno só poderia ser revelado se a pessoa identificasse um amigo no Facebook.

Dessa forma, a geladeira abria e liberava seu conteúdo, (muitas garrafas de cerveja da marca) para o visitante. Uma analogia as cervejinhas que “roubamos” das geladeiras dos amigos.

Fonte: AD News
http://adnews.com.br/publicidade/super-bock-presenteia-pessoas-que-roubam-cerveja-da-geladeira-do-amigo.html

Dogma lança Azzaca Lover, terceiro rótulo da série Single Hops

Cervejaria convoca todos os amantes de lúpulo para mais uma aula prática

Provando que cada lúpulo oferece uma característica sensorial diferente, chega ao mercado o terceiro rótulo da série single hops da cervejaria Dogma, a Azzaca Lover. Sem maltes caramelo em sua composição e com uma carga de 20G/L de lúpulo. A Azzaca Lover é uma Imperial IPA com 8,5% de teor alcoólico, 85 IBUs (Unidade de Amargor) e chega no formato lata, para preservar todo o seu frescor e características.

O lançamento oficial acontece no dia 30 de setembro (sexta-feira às 18h), no Empório Alto dos Pinheiros. Já foram lançados nessa série a Citra e a Mosaic Lover, todas com a mesma base, apresentando apenas os lúpulos diferentes. 

“O lúpulo Azzaca apresenta um frutado e cítrico, puxando para manga, oferecendo um perfil bem interessante para a cerveja”. Comenta Bruno - sócio proprietário da Cervejaria Dogma.


Nome da cerveja: Dogma Azzaca Lover 
Estilo: Imperial IPA 
ABV: 8,5%
IBU: 85
Formato: 473ml (lata)
Preço sugerido: R$35 nos pontos de venda

SOBRE A DOGMA

É com uma grande união que as grandes ideias e conquistas surgem. Com essa filosofia nasceu a cervejaria Dogma. Uma junção de três cervejarias ciganas de São Paulo, a Serra de Três Pontas, a Noturna e a Prima Satt.
Bruno Moreno (Serra de Três Pontas), Luciano Silva (Noturna) e Leonardo Satt (Prima Satt), se conheceram nas produções caseiras e se tornaram grandes amigos. Criaram juntos um grupo unindo as três cervejarias para facilitar a distribuição de suas cervejas e com isso um grande fortalecimento foi criado entre eles. 

Depois de diversos lançamentos, resolveram em junho de 2015 criar uma nova marca, mais forte e mais criativa. Três mentes trabalhando pela qualidade de cervejas incríveis. 

RÓTULOS LANÇADOS PELA DOGMA
Panopticon Times: Belgian Saison | 5,6% ABV
Modern Dogma: Imperial Mocha Porter | 9% ABV
Orfeu Negro: Russian Imperial Stout | 12% ABV
The Wallace: Wee Heavy | 8% ABV
Cafuza: Imperial India Black Ale | 8,5% ABV
Hop Lover: Imperial India Pale Alte | 8,5% ABV
Touro Sentado: American India Pale Ale | 6,5% ABV
Rizoma: Double India Pale Ale | 8,3% ABV
Citra Lover: Imperial India Pale Alte | 8,5% ABV
Mosaic Lover: Imperial India Pale Alte | 8,5% ABV

MAIS INFORMAÇÕES
Cervejaria DOGMA
Facebook: /cervejariadogma
Instagram: /cervejariadogma

Fonte: Beer Press

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Turistas poderão aprender sobre cerveja em minicursos durante a Oktoberfest

Aulas de produção cervejeira e degustação serão realizadas na Escola Superior de Cerveja e Malte durante 14 dias do período da festa

Este é um ano importante para a cerveja artesanal no Brasil, segundo especialistas cervejeiros. Com o crescimento na produção, a maior procura pelo público e a marca de 400 cervejarias abertas no país, mais pessoas buscam expandir o conhecimento no assunto. Turistas que visitarão Blumenau (SC) para a maior festa alemã das Américas, a Oktoberfest, poderão participar de minicursos de produção e degustação cervejeira que terão até duas horas de duração. As aulas serão oferecidas pela Escola Superior de Cerveja e Malte (ESCM) durante 14 dias do período da festa.

Os interessados em saber mais sobre degustação terão que dedicar cerca de uma hora do dia para aprender sobre o assunto. O minicurso será ministrado entre os dias 5 e 22 de outubro, com exceção dos domingos. No conteúdo programático está prevista a abordagem da história da bebida, tipos de fermentação, estilos, escolas e a degustação de quatro rótulos do Vale da Cerveja.

Já o minicurso de Produção Cervejeira terá em média duas horas de duração e será oferecido nos dias 8, 12, 15 e 22 de outubro. Os estudantes irão aprender detalhes do início da produção, entender a fermentação, quais são os estilos e as escolas, os ingredientes ideais, as técnicas de fabricação e poderão praticar a produção em panela.

Os minicursos de Oktoberfest chegam à 3ª edição neste ano para atender a demanda de moradores de todos os estados do Brasil e da América Latina, interessados em aprender mais sobre cerveja de maneira intensiva e rápida e que não possuem agenda livre para participar dos cursos oferecidos durante operíodo letivo. Cerca de 500 estudantes participaram das primeiras edições. “A expectativa é de que o número cresça ainda mais nos próximos anos em função da grande procura por informações no universo cervejeiro e a expansão do setor econômico no Brasil”, afirma o diretor geral da Escola, Carlo Enrico Bressiani.

Para facilitar o deslocamento dos estudantes, nos dias 8, 12, 15 e 22 de outubro, haverá transporte gratuito até a Escola Superior de Cerveja e Malte com saída da Vila Germânica, sede da Oktoberfest. A instituição também será destino de turistas que embarcarem nos roteiros propostos pelo Vale da Cerveja. “O tour percorre os dois mil metros quadrados de área da ESCM, que passa pelo laboratório de fabricação cervejeira, homebrewer, o laboratório de degustação concebido como brewpub, as salas de aula e a biblioteca”, completa.

As inscrições para os cursos de férias e o agendamento de visitas podem ser feitos através do site da ESCM ou do telefone (47) 3380-5200.

Na Oktoberfest

A Escola Superior de Cerveja e Malte também marcará presença dentro do Parque Vila Germânica, durante a Oktoberfest 2016. Os visitantes poderão saber mais sobre os cursos oferecidos durante o ano letivo tradicional e as propostas dos períodos de férias em um estande especial, junto à equipe do Vale da Cerveja, instalado em frente ao setor 1.

Programação de minicursos de Oktoberfest:

Minicurso de degustação de cerveja:
De 5 de outubro a 22 de outubro, com exceção dos domingos;
Horário: 10h e 15h;
1 hora de duração.
Local: Escola Superior de Cerveja e Malte, Rua Elsbeth Feddersen, 72, Salto Norte, Blumenau (SC).

Minicurso de produção de cerveja:
Dias 8, 12, 15 e 22 de outubro;
Horário: 11h às 13h;
2 horas de duração.
Local: Escola Superior de Cerveja e Malte, Rua Elsbeth Feddersen, 72, Salto Norte, Blumenau (SC).

Fonte: Sopa Cultural

Acionistas da SABMiller aprovam compra pela AB InBev

Em comunicado à Bolsa de Valores de Londres, a empresa britânica afirmou que 97,37% dos acionistas votaram pela aquisição, que está avaliada em 79 bilhões de libras. 

Os acionistas da cervejaria britânica SABMiller aprovaram nesta quarta-feira (28/09) a fusão com o grupo belgo-brasileiro AB InBev, uma operação que resultará na maior fabricante de cervejas do mundo. Em comunicado à Bolsa de Valores de Londres, a empresa britânica afirmou que 97,37% dos acionistas votaram pela aquisição, que está avaliada em 79 bilhões de libras.

Paralelamente, os dois principais acionistas da SABMiller, Altria e BevCo, que representam 41% do capital, também deram seu consentimento, em processo separado. A empresa afirmou que optara por realizar duas votações paralelas para garantir um resultado justo, numa proposta supervisionada pelos tribunais, na qual ao menos 75% dos acionistas dos dois grupos teriam que aprovar a fusão.

A SABMiller detalhou que espera que a Justiça britânica aprove a operação na próxima segunda-feira, data após a qual poderá concluir o processo de venda, com previsão de conclusão em 10 de outubro.

A aquisição também foi aprovada pelo conjunto de acionistas da AB InBev em assembleia geral, nesta quarta-feira, na qual eles respaldaram a adoção de todas as resoluções propostas, afirmou a multinacional, que mesmo antes da fusão já é a maior fabricante de cervejas do mundo.

Autoridades antitruste de vários países aprovaram o acordo. A aquisição da SABMiller dará à AB InBev uma ampla presença na África e na China. A empresa resultante da fusão produzirá 30% da cerveja consumida em todo o mundo, com presença em mais de 80 países e uma força de trabalho conjunta de aproximadamente 225 mil pessoas.

Para conseguir a aprovação das autoridades, a AB InBev concordou com uma série de concessões, incluindo a venda das marcas Peroni, Grolsch e Meantime, da SABMiller, para a rival japonesa Asahi. A União Europeia exigiu que as operações da SABMiller na República Tcheca, Hungria, Polônia, Romênia e Eslováquia fossem vendidas.

A AB InBev anunciou que a companhia resultante da combinação das duas cervejarias conservará o nome de Anheuser-Busch InBev SA quando for concluída a fusão. O logotipo sofrerá uma leve mudança: está previsto que a águia hoje presente desapareça.

O grupo contará com as marcas da AB InBev, como Brahma, Skol, Corona, Beck's, Stella Artois, Leffe e Budweiser, e com as de SABMiller, que é proprietária da Miller, da Foster's e da Coors.

Fonte: Terra
https://economia.terra.com.br/acionistas-da-sabmiller-aprovam-compra-pela-ab-inbev,9984f555e5d64a9573fdd66893b4b9aevdjb9dcb.html

Consumo e venda de álcool são liberados nas eleições paulistas



Secretaria diz que proibição do consumo e da venda de bebidas não está explícita no Código Eleitoral, mas que há punições para desordem

A Secretaria da Segurança Pública de São Paulo (SSP) informou que não haverá restrições ao consumo e à comercialização de bebidas alcoólicas durante as próximas eleições municipais, marcadas para o próximo domingo, no primeiro turno, e dia 30 de outubro, no segundo turno. A medida, segundo justificou o governo paulista, segue decisão da Justiça do Estado, de 2008, proferida pelo desembargador Henrique Nelson Calandra.

Por meio de nota , a SSP observou que “a proibição do consumo e da venda de bebidas não está explícita no Código Eleitoral, que prevê punições a quem promover desordem que prejudique a eleição ou a quem descumprir quaisquer ordens ou instruções da Justiça”.

No entanto, a Secretaria alerta que a polícia paulista continuará com os bloqueios para coibir o desrespeito à Lei Seca no trânsito. Ou seja, para impedir que motoristas embriagados ou que tenham ingerido bebidas alcoólicas, mesmo que em pequenas quantidades, estejam ao volante, já que neste caso existem penas previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) que “valem para todos os dias do ano, inclusive os de pleito”.

Fonte: O Dia
http://odia.ig.com.br/brasil/2016-09-27/consumo-e-venda-de-alcool-sao-liberados-nas-eleicoes-paulistas.html

Slow Brew Brasil fecha parceria e oferece translados para Campos do Jordão!

Com saídas programadas de São Paulo, festival entra no clima do “Se Beber, não dirija”.

Que tal ir sem preocupação para Campos do Jordão aproveitar o Slow Brew Brasil 2016? Pensando nisso, o festival fechou uma incrível parceria com a agência de viagens Savitour, para que os participantes possam ir e voltar da capital paulista sem nenhuma preocupação e sem precisar pegar no volante. Os pontos de saída de São Paulo foram especialmente escolhidos pela organização, são eles: Empório Alto dos Pinheiros, Frangó e Cervejaria Nacional.

O translado sairá por R$126,00 (ida e volta) e os interessados podem fazer reserva pelo e-mail: transfer@slowbrew.com.br - contato: Sabrina Salgado, Gerente Savitour.


CARAVANA ESPECIAL CATETO PINHEIROS

O Cateto Pinheiros também está participando, mas com sua própria caravana para o festival, com camiseta própria e um bico de chope durante a viagem, para todos entrarem no clima. 

O ingresso do translado + camiseta + chope a bordo custa R$ 110,00. São poucas vagas e com depósito antecipado para garanti-las. RESERVAS: eduardo.cateto.bar@gmail.com

CUPOM DE DESCONTO

Os valores citados acima não incluem o ingresso do festival, mas clientes destes estabelecimentos e parceiros do festival, têm desconto garantido na compra do ingresso, basta digitar a palavra chave no cupom de desconto no momento da compra no site do festival www.slowbrewbrasil.com.br:

CÓDIGOS 

Cateto Pinheiros: #eusoucateto 
Empório Alto dos Pinheiros: #eusoueap 
Cervejaria Nacional: #eusounacional 
Frangó: #eusoufrangó

O Slow Brew Brasil 2016 acontece no dia 19 de novembro (sábado), na cidade de Campos do Jordão (SP). Os ingressos já estão no quarto lote, entre no link abaixo e garanta sua presença:


CERVEJARIAS JÁ CONFIRMADAS ATÉ O MOMENTO

Founders Brewing (EUA), Tupiniquim, Dogma, Maniba, Morada Cia Etílica, Urbana, Ópera, Juan Caloto, Blondine, ZalaZ, Cevada Pura, Caravan Beer, Mea Culpa, JBeer, 3Cariocas, Avós, Fürst, Suméria, Dádiva, Von Borstel, Way, Quatro Graus, Backer e Avenida 42.

SERVIÇO
Festival Slow Brew Brasil: degustação livre (+160 rótulos de cervejas)
Data: 19/11/2016 (sábado)
Horário: 12h - 20h 
Endereço: Campos do Jordão Convention Center
Av. Macedo Soares, 499 - Capivari - Campos do Jordão - SP
Sessão de Negócios
Data: 18/11/2016 (sexta-feira)
Horário: 14h - 18h 
Endereço: Campos do Jordao Convention Center
Av. Macedo Soares, 499 - Capivari - Campos do Jordão - SP

INGRESSOS

Confirme sua presença na página do evento e acompanhe as novidades

SOBRE O SLOW BREW BRASIL

O termo Slow Brew busca sua inspiração no estilo de vida Slow Movement, Slow Life, Slow Food que é difundido na Europa desde a década de 80. São movimentos para se viver calmamente, valorizando a experiência e todos os momentos da vida. O Slow Brew Brasil é um produto da Empresarial Marketing, empresa de consultoria empresarial que atua desde 2000 no mercado.

O CEO Maurício Leandro Fernandes, apreciador de cervejas artesanais, juntamente com Kátia Pereira, hoje curadora do evento, sempre desejaram um festival de cervejas perto de onde moravam. Com muita seriedade e planejamento, criaram em 2014 o Slow Brew Brasil realizado em Ribeirão Preto (SP). Em 2016 o festival traz todo seu portfólio para a charmosa cidade de Campos do Jordão (SP).

MAIS INFORMAÇÕES
SLOW BREW BRASIL

Twitter: slowbrewbrasil
Instagram: slowbrewbrasil

Fonte: Beer Press

Mestre-Cervejeiro.com Buritis fará um evento especial com a Chefex

Mestre-Cervejeiro.com
Loja de cervejas artesanais contará com a presença dos chefs do Duo Chez

No dia 29 de setembro, quinta-feira, às 20h00, o Mestre-Cervejeiro.com Buritis fará um evento especial na loja com a Chefex, empresa especializada em criar experiências gastronômicas nas residências dos clientes.

No dia será servida uma Paella Mineira, inspirada na versão espanhola, porém feita com ingredientes típicos mineiros, como linguiça, carne de porco, costelinha, torresmo, couve e pimenta biquinho. Os clientes poderão escolher o prato individual avulso ou o combo - uma porção do prato + 1 copo de Chope Wals Pìlsen, uma cerveja do estilo Bohemian Pilsener, dourada e translúcida, de baixa fermentação, com sabor maltado e dose intensa do tradicional lúpulo Saaz que harmoniza perfeitamente com o prato. Além disso, o cliente terá à disposição toda a carta de cervejas da casa.

O evento contará com a participação e execução dos chefs Marcus Túlio e Frederico Cunha, do Duo Chez Gastronomia, que oferece cursos e personal chef em casa.

Os ingressos poderão ser impressos pelo Sympla, https://www.sympla.com.br/paella-mineira-e-cerveja-artesanal__90834 até o dia 29/09.

Fonte: ÔNIXPress

Moto Lohn recebe mais de 600 pessoas de diferentes estados


Neste fim de semana, 24 de setembro, a Lohn Bier realizou, no pátio de sua cervejaria, o 1º Moto Lohn, encontro de motociclistas que teve como objetivo incentivar a confraternização da classe e promover um dia de muita descontração.

Mais de 600 pessoas marcaram presença, vindo de diversas cidades de Santa Catarina, do norte gaúcho e até mesmo de São Paulo. Muitos aproveitaram a localização da Lohn Bier, a poucos quilômetros da Serra do Rio do Rastro, para unir o evento a um passeio turístico entre amigos ou em família.


Como principais atrações, o Moto Lohn contou com um Bier Truck com 4 tipos de chope, duas bandas de rock, além de grandes expositores como Oppel Motos, Kawasaki e BMW Motos. “O evento foi um grande sucesso e com certeza vamos repetir. O público mostrou que a cena de motociclistas precisa desses incentivos e essa integração é muito importante. Agradecemos a todos que participaram do evento e, também, a quem contribuiu com a organização, que ajudaram a transformar o Moto Lohn nesse sucesso”, afirma a sócia e proprietária Tatiani Felisbino Brighenti.

Fonte: Inspira On

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Áustria Lager - Degustação nº 716


É fabricada exclusivamente com puro malte de cevada em baixa fermentação. Sua receita tem origem no chope mais vendido da Krug Bier , o cristal Premium.

Cervejaria: Krug Bier
Origem: Belo Horizonte-MG (Brasil)
ABV(%): 4,8
Estilo: Premium American Lager
Embalagem: Garrafa de 600 ml

É uma cerveja de coloração dourada, com corpo límpido. Sua espuma de cor branca apresentou ótima formação, persistência e excelente transição de renda no copo. 

No aroma, leve presença de malte e toque de cereais, mel e panificação. A percepção do lúpulo é leve e floral. No sabor, equilíbrio ente leves dulçor e amargor.  

O aftertaste é curto com um leve dulçor. Corpo leve, textura sedosa e rescência mediana. Cerveja com alto drinkability e bem refrescante.

Um brinde!
Luiz Araújo

St. Feuillien Brune - Degustação nº 715


Desde 1873, a família Friart vem produzindo várias cervejas, dentre as quais: St-Feuillien, Grisette e Leon. Atualmente, a quarta geração da família Friart comanda a cervejaria.

Cervejaria: St. Feuillien
Origem: Bélgica
ABV(%): 8,5
Estilo: Belgian Dubbel
Embalagem: Garrafa de 330 ml

É uma cerveja de cor castanho escuro, com tons avermelhados e corpo turvo. Sua espuma de cor bege apresentou boa formação e persistência, sem transição de renda no copo.

No nariz malte remetendo a biscoito, caramelo, toffe, chocolate e leve tostado. Presença de ésteres frutados remetendo a frutas secas, ameixa seca, frutas escuras, vinho do porto e uva passa. Com os 8,5 % ABV, a percepção do álcool fica evidente ao aproximar o copo do nariz, mas não atrapalha o conjunto. O sabor é  adocicado e acompanha o aroma. O amargor é baixo. 

O aftertaste é duradouro, prevalecendo a sensação de dulçor sobre o leve amargor. O corpo é médio, a textura aveludada e a carbonatação médio-baixa. Cerveja com drinkability baixo. Muito boa!

Santeie peye!
Luiz Araújo 

Zehn Bier aposta nas Festas de Outubro para ampliar a participação no mercado


A Zehn Bier está a todo vapor produzindo para atender as Festas de Outubro. Este ano, a cervejaria vai participar da 31º Fenarreco, em Brusque, da Bierville, em Joinville, e será a patrocinadora oficial de alguns grupos, como o conhecido Wurstewagen, que participará de todos os desfiles da Oktoberfest. De acordo com o administrador da empresa, Edson Bruning, a expectativa é de produzir aproximadamente 30 mil litros de cerveja e chope somente para atender a demanda das festas neste próximo mês. Esse volume apresenta uma crescente em relação aos anos anteriores e, para isso, serão contratados novos colaboradores.

Bruning afirma que as Festas de Outubro vão alavancar os negócios. Porém, dentro do planejamento feito já no início do ano, está a previsão de aumentar para 40 mil litros mensais até o início do próximo ano. O aumento da produção, que hoje é de cerca de 25 mil litros mensais, é resultado do trabalho constante que tem sido feito pelo departamento comercial para expandir a atuação da Zehn Bier para outros Estados. A expectativa é de fechar o ano com um crescimento de 30% com a conquista de novos mercados.

Entre os locais que a Zehn Bier já está presente, como resultado do trabalho de expansão, estão a Rede Angeloni, a Rede Cooper, Rede Top, Fort Atacado, Archer, Brasão, entre outros. Além disso, os produtos estão sendo colocados também em lojas de conveniências, bares e pubs conceituados do segmento cervejeiro. Estão sendo investidos cerca de R$ 700 mil até o fim do ano em marketing, lançamento de uma nova cerveja, estruturação da área comercial, manutenção e reestruturação de equipamentos na fábrica, adequação à legislação e conquista de novos mercados.

Mercado em expansão

De acordo com Fernando José de Oliveira, sócio-proprietário da empresa, ainda há um amplo mercado de expansão para as cervejas artesanais. “Hoje, não representamos nem 1% do mercado nacional de cervejas. Portanto, as artesanais ainda têm um longo caminho a percorrer. Se a situação econômica do País não estivesse tão complicada, poderíamos, com toda certeza, falar em um crescimento de 50% ao ano”, avalia. Os diretores lembram que em alguns países, como os Estados Unidos, por exemplo, as artesanais já representam 15% do mercado cervejeiro. Na região, as 18 cervejarias artesanais juntas planejam investir até o próximo ano cerca de R$ 12,5 milhões. 

A boa aceitação da cerveja artesanal fez com que fosse criado o Vale da Cerveja, que reúne as cervejarias da região. A iniciativa pretende estimular o turismo cervejeiro na região, visto que 10% das artesanais instaladas no País estão no Vale do Itajaí. “Outubro será o momento ideal para o Vale da Cerveja se consolidar”, declara Oliveira.

No site do Vale da Cerveja (www.valedacerveja.com) o público poderá encontrar as cervejarias participantes e planejar os seus roteiros. Por enquanto, há 10 cervejarias participando, sendo que uma delas é a Zehn Bier. Para agendar o passeio na Zehn Bier é só enviar email para atendimento@zehnbier.com.br ou ligar para (47) 3351-6685. O projeto é mantido pelas entidades Blumenau e Vale Europeu Convention & Visitors Bureau, Escola Superior de Cerveja e Malte, Acasc, Acib, Sihorbs, Sindilojas e Secretaria de Turismo de Blumenau.
32ª Oktoberfest – Blumenau - de 05 a 23 de outubro
31ª Fenarreco – 06 a 16 de outubro
2ª Bierville – 12 a 15 de outubro

Fonte: New Age Comunicação

Bierland se prepara para a Oktoberfest 2016

Pela 12ª vez, a cervejaria participará da maior festa alemã das Américas, oferecendo quatro tipos de chope, além de coquetéis de vinho tinto e branco.

As semanas que antecedem a Oktoberfest, considerada a maior festa alemã das Américas, são de muito trabalho para a Bierland. Pelo 12º ano seguido, a cervejaria participará do evento, que inicia no dia 5 de outubro e segue até o dia 23 de outubro, em Blumenau. Nesta edição, a cervejaria estará com quatro tipos de chopes: Pilsen, Weizen, IPA e Vienna. Além disso, a Bierland vai comercializar os coquetéis de vinho tinto e branco.

Esta será a segunda vez que a cervejaria levará o coquetel de vinho branco, exclusividade da Bierland, que foi lançado na edição de 2015 da Oktoberfest e agradou o público. “Participar da Oktoberfest é uma alegria para nós, que iniciamos nossa história em Blumenau. Ao todo, estão sendo produzidos cerca de 60 mil litros de chope para o evento”, revela o sócio proprietário da Bierland, Eduardo Krueger. Para garantir o chope da festa, a produção mensal está em 100% da capacidade. Além disso, 45 pessoas foram contratadas para trabalhar temporariamente na festa junto à Bierland, reforçando a atual equipe e garantindo o bom atendimento.

Durante a Oktoberfest 2016, a Bierland estará presente com dois pontos de vendas dentro dos pavilhões e um externo.

De Blumenau para o mundo

Localizada em Blumenau (SC), a cervejaria Bierland surgiu da iniciativa de três sócios. Foi inaugurada em agosto de 2003, e traduzindo do alemão, o nome significa “Terra da Cerveja”, uma homenagem à cidade onde está localizada. Atualmente a Bierland produz 14 cervejas entre as de linha e sazonais.

Em doze anos de atividades, a Bierland já é uma das cervejarias artesanais mais reconhecidas do Brasil. Ao todo, são 104 premiações, em competições nacionais e internacionais, como o International Beer Challenge, World Beer Awards, Concurso Brasileiro de Cervejas, South Beer Cup, Copa Cervezas de America, entre outros. Para o sócio proprietário, Eduardo Krueger, as cervejas da Bierland são frutos do trabalho intenso de uma equipe comprometida com a qualidade. “Nossas receitas são inspiradas em estilos de diferentes escolas cervejeiras, tais como alemã, belga, inglesa e norte americana, acrescentadas de uma dose de criatividade e ousadia que traz personalidade a cada uma delas”, destaca Krueger.

As bebidas da cervejaria blumenauense podem ser encontradas em todos os estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além do Distrito Federal e alguns estados do Norte e Nordeste do país, como Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Pernambuco, Rondônia.

Acompanhe a Bierland:
facebook.com/bierland.cervejaria
instagram.com/cervejaria_bierland
twitter.com/cervejabierland

Fonte: Presse Comunicação Empresarial

DeBron Bier promove noite cervejeira, no Beerdock


A cervejaria pernambucana DeBron Bier, que tem à frente os sócios Thomé Calmon, Eduardo Farias e Raimundo Dantas, promove, nesta quarta-feira (28), o DeBron Day. Na ocasião, o renomado mestre cervejeiro Ilceu Dimer, que já passou pela Dama Bier e Bierland e que agora faz parte da DeBron, irá palestrar sobre a criação e produção de receitas e cervejas artesanais, função que exerce há quase 40 anos e fez com que ele arrebatasse, somente em 2016, oito prêmios nacionais e internacionais no segmento. 

O evento está marcado para começar às 19h, no Beerdock, na Rua Desembargador Luis Salazar, 98, Bairro da Madalena e terá os cinco estilos da DeBron disponíveis para degustação: Ipa, Witbier, Weizen, Lager e Golden Ale. Haverá ainda apresentação da banda Sr. Hocky, com um repertório composto por clássicos de U2, Pink Floyd e The Strokes.

Fonte: 4Com 

Culinária com Alma reúne receitas que podem ser preparadas ou harmonizadas com cervejas da Schornstein

Espaço online contém 76 preparos para ajudar o consumidor a ampliar o conhecimento sobre o universo das cervejas especiais

Ainda dentro das comemorações dos 10 anos, a Cervejaria Schornstein repensou também o seu posicionamento na internet. O novo site da marca, que entrou no ar esta semana, traz um espaço inédito para os apreciadores da bebida: o Culinária com Alma. O site tem como proposta aproximar os universos da gastronomia e da cerveja através de sugestões de receitas que contém a bebida como ingrediente ou preparos que harmonizam com os rótulos da marca.

De acordo com o diretor da Schornstein, Adilson Altrão, o objetivo da ferramenta é centralizar informações sobre estas receitas e dar ao consumidor uma opção fácil para definir o seu cardápio. "Se você tem uma Schornstein IPA em casa, por exemplo, pode clicar nesta garrafa para saber o que harmoniza com ela ou o que pode preparar", comenta.

São 40 receitas que incluem os rótulos Pilsen, Weiss, Witbier, IPA, Bock e Stout no preparo e 36 itens que podem ser harmonizados com as bebidas.

Sobre a Schornstein
Uma das pioneiras da cerveja artesanal no país, a Schornstein surgiu em 2006 na cidade mais alemã do Brasil. O nome da marca significa chaminé, uma das características do prédio onde foi fundada. A matriz da cervejaria fica em Pomerode (SC).

Atualmente, a indústria tem capacidade produtiva de 300 mil litros ao mês graças a uma nova fábrica inaugurada em junho de 2016. Lá são produzidos os os rótulos India Pale Ale, Bock, Weiss, Pilsen Natural, Pilsen Cristal, Stout e Witbier.

Fonte: Melz Assessoria

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Cervejaria-escola do Senai Vassouras encerra atividades no final deste ano



    O Centro de Tecnologia Alimentos e Bebidas será transferido para a unidade do Senai Tijuca/RJ.

    Após 23 anos formando e capacitando diversos profissionais do mercado cervejeiro brasileiro e, principalmente, carioca, a unidade do Senai de Vassouras/RJ encerrará seu funcionamento no final de 2016. As atividades do Centro de Tecnologia Alimentos e Bebidas passarão para o Senai Tijuca, no Rio de Janeiro/RJ.

    Em nota, o Senai comentou que a crise na economia do país atingiu a área de capacitação profissional, fazendo com a instituição se adapte a outros métodos. “No caso do Senai Vassouras, em 2017, as atividades terão continuidade com base em outro modelo de operação e de portfólio de serviços. O atendimento será realizado através de unidades móveis, o que permitirá ampliar a oferta de cursos e contemplar mais setores industriais. Este portfólio se encontra, hoje, em fase de definição.”

    Quanto ao Centro de Tecnologia Alimentos e Bebidas, as atividades ligadas ao setor de alimentos já estão sendo ofertadas na unidade Tijuca. O setor de bebidas inicia sua transferência para a unidade no primeiro semestre de 2017 e conclui no semestre seguinte com o segmento de cerveja, incluindo a Cervejaria Escola. A instituição afirma que “a mudança foi adotada considerando atender a uma demanda maior desses dois setores na Capital e Região Metropolitana, já verificada em segmentos como o de cerveja”.

    Fonte: Revista da Cerveja

    sábado, 24 de setembro de 2016

    Setor de cervejas artesanais deve triplicar em três anos

    Fabricantes produziram 14 bilhões de litros no ano passado no país e expectativa é crescer mais

    Por Ludmila Pizzaro

    As cervejas artesanais irão triplicar sua participação no mercado brasileiro até 2019, na avaliação do sócio da cervejaria Falke Bier, Marco Falcone. A fatia do mercado das cervejas artesanais no Brasil ainda é pequena, mas a taxa de crescimento é alta. Hoje, as bebidas produzidas por cervejarias de médio e pequeno porte representam 1% do total. Daqui a três anos, será 3% do total. Segundo Falcone, o segmento de artesanais tem acumulado crescimento anual de 30% nas última década. Além disso, 1% de um mercado que em 2015 produziu 14 bilhões de litros, segundo o Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (Cervbrasil), não é pouca coisa.

    “Nosso exemplo são os Estados Unidos, que passaram de 5% do mercado em 2008 para 10% em 2016”, conta Falcone. Para ele, o crescimento é possível porque a tecnologia de fabricação da cerveja está mais acessível. “Temos acesso ao processo de produção de vários países, como Austrália e Nova Zelândia. Não existem mais barreiras para a aquisição de tecnologia”, afirma Falcone.

    O marketing especializado também é um diferencial segundo o empresário. “As pessoas falam de uma febre da cerveja artesanal, mas isso foi construído. Em 2004, quando começamos a Falke, as grandes indústrias davam placas, mesa, cadeira, não tinha como concorrer. Mas percebemos que poderíamos criar uma cultura. Investimos em confrarias de cerveja e eventos de música, lançamentos de livros”, diz.

    “Na região de Belo Horizonte, não tem um fim de semana que não tenha uma feira de cerveja artesanal. É ótimo, temos contato com as novidades e com os produtores”, conta a economista e sommelier de cervejas, Márcia Alves Pereira, 31, que participou ontem da palestra de Marco Falcone dirigida para empreendedores do setor cervejeiro durante o evento Mixbeer.

    Minas Gerais está entre os principais produtores de cerveja artesanal do Brasil, ao lado de Santa Catarina e Paraná, segundo o sócio da Lamas Brew Shop e mestre cervejeiro, José Bento Vargas. Segundo ele, no ano passado, a produção mineira de cerveja artesanal cresceu 40%. Estima-se que no Estado existam cerca de 60 pequenos produtores de cerveja. Junto com o Mixbeer foi lançado o Mapa Cervejeiro de Minas que reúne quase 50 cervejarias mineiras.

    Evento. O Mixbeer continua hoje e está acontecendo no Hotel Mercure, em Lourdes. Ele é dirigido a empreendedores do setor e interessados em conhecer mais sobre os tipos de cerveja.

    RAIO X
    R$ 800 mil fatura por ano a Falke, que fica em Ribeirão das Neves.
    60 mil litros por mês é a sua capacidade de produção.

    MAPA DA MINA
    Cidades mineiras onde são produzidas as cervejas artesanais e o número de fábricas:
    Nova Lima - 9
    Belo Horizonte - 5
    Juiz de Fora - 4
    Nova Serrana - 2
    Uberlândia - 2
    Contagem - 1
    Santana dos Montes - 1
    Tiradentes - 1
    Santa Luzia - 1
    São Gonçalo do Rio Abaixo - 1
    Catas Altas - 1
    Itabirito - 1
    Ouro Preto - 1
    Baependi - 1
    Bocaina de Minas - 1
    Itaúna - 1
    Divinópolis - 1
    Matias Barbosa - 1
    Rio Preto - 1
    Lavras - 1
    Capitólio - 1
    Paraisópolis - 1
    Delfim Moreira - 1
    Extrema - 1
    Capim Branco - 1
    Uberaba - 1
    Campanha - 1
    Viçosa - 1
    Camanducaia - 1

    Fonte: Mapa Cervejeiro de Minas

    PARA COMEÇAR
    Cervejarias ciganas são boa alternativa
    Uma alternativa para quem quer começar uma produção artesanal são as cervejarias ciganas. “O empresário aluga uma planta industrial, usa sua própria receita e depois comercializa”, explica o sócio da Lamas Brew Shop e mestre cervejeiro, José Bento Vargas. Para vender a cerveja, a legislação brasileira exige que a produção em uma planta, que custa, segundo Vargas, cerca de R$ 1 milhão. Já o investimento em uma cervejaria cigana pode começar com cerca de R$ 10 mil.

    A produção caseira de cerveja é o primeiro passo do empreendedor que quer investir nesse setor. É o caso da economista e sommelier de cerveja Márcia Alves Pereira, 31. Ela produz a bebida em casa há cerca de dois anos. “Conseguimos um resultado excelente, melhor do que encontramos nas lojas”, afirma Márcia. 

    Fonte: O Tempo
    http://www.otempo.com.br/capa/economia/setor-de-cervejas-artesanais-deve-triplicar-em-tr%C3%AAs-anos-1.1376189