Ninkasi, a Deusa da Cerveja

Ninkasi é a antiga deusa sumeriana da cerveja, que transformou uma mistura de água e cevada em um líquido dourado, conhecido hoje como cerveja.

Era uma deusa muito popular que fornecia cerveja aos deuses. Ela era considerada a própria personificação da cerveja.

Receba as postagens do Ninkasi Beer Club no seu e-mail!

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Nova identidade visual da Falke


A mineira Falke Bier, uma das pioneiras no estado, mudou sua identidade visual e enlatou a Estrada Real IPA. A cerveja em versão lata (350 mL) faz parte de um projeto piloto feito em parceria com a empresa itinerante DaLata e será distribuída, inicialmente, em Belo Horizonte. A nova marca mantém detalhes do brasão dos Falcone, dando maior destaque ao falcão – símbolo da família –, e os rótulos foram unificados.

Fonte: Revista da Cerveja

Dica nº 06: Double Vienna Brut - Para substituir o Champagne ou Espumante por cerveja

Double Vienna Brut

As cervejas do estilo Bière Brut misturam o sabor das melhores cervejas com a leveza e a sofisticação dos espumantes, e são ideais para substituir o tradicional champagne nas festas de final de ano. A Double Vienna Brut é a tradicional Double Vienna da cervejaria Morada passada pelo método champanoise tradicional e maturada por 18 meses.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Dica nº 05 Wäls Brut - Para substituir o Champagne ou Espumante por cerveja

Wäls Brut

Cerveja do estilo Biére Brut. Elaborada através do tradicional método champenoise. Complexa e delicada, é produzida com leveduras de champagne. Coloração dourada e translúcida, aromas que remetem ao vinho branco e notas cítricas. Perlage fino e duradouro. Sofisticada e sedutora, passa nove meses em maturação na nossa cave com temperatura e umidade controladas. Refermentada na garrafa com 11% de alcool. Harmoniza com ostras, queijos especiais, peixes, lagosta e salada de folhas e frutas.

Dica nº 04 Samuel Adams / Weihenstephaner Inifnium - Para substituir o Champagne ou Espumante por cerveja

Samuel Adams / Weihenstephaner Inifnium

“Da colaboração histórica entre os mestres cervejeiros da alemã Weihenstephan, a cervejaria mais antiga do mundo, e da americana Samuel Adams nasceu esta jóia única em seu estilo. Uma cerveja para ser servida em taça de espumante e impressionar quem está bebendo!”

Dica nº 03: Eisenbahn Lust - Para substituir o Champagne ou Espumante por cerveja

Foto: Cultura Mix
Eisenbahn Lust

Uma bebida que mistura o sabor das melhores cervejas com a leveza e a sofisticação dos espumantes. A Eisenbahn Lust é a primeira cerveja produzida no Brasil pelo método champenoise, o mesmo utilizado pelos grandes champanhes. Após a manufatura pelo método convencional, o líquido vai para uma vinícola e passa por uma segunda fermentação dentro da garrafa.

Eisenbahn Lust Prestige

Já a Lust Prestige, depois de passar pelo mesmo processo da Lust, entra na etapa chamada cuvèe que dura 1 ano.

Dica nº 02: Malheur - Para substituir o Champagne ou Espumante por cerveja


A cervejeira Malheur é uma empresa tradicional e ainda familiar, cuja história teve início em 1839 na cidade de Buggenhout, Bélgica. Eles possuem nada menos que três cervejas nessa lista para o Reveillon. Malheur Brut Reserve, Malheus Dark Brut e Malheur Cuvèe Royale.

Dica nº 01: Deus - Para substituir o Champagne ou Espumante por cerveja


DeuS Brut des Flandres

Com uma produção limitada a 15 mil garrafas por ano, a cerveja Deus passa por um longo processo de fermentação. Na primeira etapa, na Bélgica, são usados apenas puro malte e água. Em seguida, o líquido segue para a cidade de Reims, região de Champagne (França), onde é colocada em garrafas de champanhe e passa pelo mesmo processo do vinho local, ou seja, fica repousando nas caves, para a segunda fermentação.

A suavidade única desta cerveja começa nos elegantes contornos de sua garrafa. É de cor clara, dourada, brilhante, efervescente e com bolhas extremamente minúsculas, sendo coroada por um colarinho branco. Seu aroma é extremamente complexo, desenvolvendo fragrâncias de maçãs frescas, hortelã, tomilho, gengibre, malte, pêras, lúpulo, pimenta-da-jamaica e cravo-da-índia. Seu sabor também é complexo, mas refrescante e delicado, não deixando transparecer sua graduação alcoólica elevada.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Para substituir o Champagne ou Espumante, por que não cerveja?


Se você é daqueles que ama uma cerveja e que só troca de bebida na hora do brinde, os seus problemas acabaram. A seguir uma lista de algumas cervejas para você brindar na virada do ano.

São cervejas fabricadas pelo método champenoise, depois da fermentação e maturação tradicionais, passam por uma segunda fermentação na garrafa. Desta vez, descansando em caves por cerca de nove meses. Esse processo provoca o aumento da liberação de gás carbônico, redundando no aumentando da carbonatação.

O processo de Champenoise é bastante antigo e remonta ao início do século XVII. Porém, no mundo das cervejas, sua utilização é recente.

Fique de olho nos próximos posts e nas dicas!

Beer Underground recebe chope Cerol Fininho


Para dar adeus a 2016 e, finalmente, boas-vindas a 2017, na última semana do ano as duas lojas Beer Underground recebem em suas torneiras uma das boas surpresas do ano: o chope Cerol Fininho (R$ 13,99 – 300ml), para melhorar, ainda há a promoção para quem levar duas cervejas após às 16h (R$ 23,99 – somente em dinheiro). A bebida é uma Session IPA com Dry hop da Cervejaria Suburbana, perfeita para beber no calor do Rio de Janeiro.

Serviço
Beer Underground
Avenida Rio Branco nº 156 - Subsolo Ed. Avenida Central, loja 101 – Centro | Tel: 2533-3861
Avenida Henrique Valadares, nº17 – lojas 3 e 4– Lapa | Tel: 3145-3348
Até sexta-feira, 30 de dezembro

Fonte: Tratto Comunicação

Famílias Kunz e Matarazzo se unem no projeto Villa Matarazzo



    Petronius Beverages lança cerveja e cachaça em parceria com Jayme Monjardim.

    A produtora de bebidas Petronius Beverages (RS) está lançando uma cachaça de alambique e uma cerveja artesanal, em parceria com o cineasta Jayme Monjardim. Os dois rótulos farão parte do projeto Villa Matarazzo, em homenagem à Família Matarazzo. “A cultura e a história são os pontos de união entre as nossas famílias, através da nossa relação com a obra magna da literatura gaúcha. Com esse espírito, a Petronius apresenta a cerveja e a cachaça Villa Matarazzo”, explica Emílio Kunz Neto, diretor da empresa.

    A Cerveja Artesanal Villa Matarazzo é uma Münchner Hell com aroma levemente frutado e amargor extremamente baixo. Inspirada em um dos mais tradicionais estilos da escola alemã, seu sabor e aroma são determinados por uma seleção de maltes, responsáveis pelas suas principais características. Possui teor alcoólico de 4,8%.

    Já Villa Matarazzo – Cachaça de Alambique é elaborada com cana cultivada por pequenos produtores do interior do Rio Grande do Sul. O processo fermentativo do suco natural da cana-de-açúcar busca a melhor expressão aromática. Os alambiques utilizados na destilação são os mesmos construídos por Eloy Kunz, da quarta geração da família, na década de 1960, com um projeto francês, que garantem uma fina destilação e resultam em uma cachaça branca leve e aromática.

    A produção das bebidas acontece na sede da Petronius, no interior de Caxias do Sul/RS. Os dois rótulos estarão à venda na Vinho & Arte, em Porto Alegre/RS.

    Fonte: Revista da Cerveja

    Clérigo hindu protesta contra imagem de divindade em cerveja paulista

    Cerveja Ganesha IPA Ambar, da cervejaria Ashby, de Amparo (SP), alvo de polêmica com hinduístas 

    O clérigo hindu Rajan Zed lidera um protesto contra o uso das divindades religiosas Ganesha e Vishnu nas cervejas da marca brasileira Ashby, de Amparo (SP).

    Os rótulos em questão são Vishnu IPA Red e Ganesha IPA Ambar, fabricados pela cervejaria paulista e vendidos nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná e Goiás.

    Em um comunicado emitido neste domingo (25), Zed afirma que o uso inapropriado desses símbolos não é correto porque fere os devotos do hinduísmo.

    O religioso afirmou que as imagens foram feitas para serem adoradas em templos ou na casa dos fiéis, "não para ser usadas na venda de cerveja para propósitos de ganância mercantil".

    Zed já pediu a remoção de divindades hinduístas de skates e cobertores vendidos pela Amazon e de tapetes de banheiro comercializados pela americana Wayfair, do setor de decoração e mobília, entre outros.

    Fonte: Folha de São Paulo
    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/12/1844661-clerigo-hindu-protesta-contra-imagem-de-divindade-em-cerveja-paulista.shtml?cmpid=fb-uolnot

    terça-feira, 27 de dezembro de 2016

    Dica nº 10 Cervejas para Réveillon - Colorado Cauim

    Colorado Cauim

    Seu nome Cauim vem do Tupi e se refere a uma antiga bebida fermentada de cereais e mandioca, fabricada pelos índios brasileiros. Não por acaso esta deliciosa cerveja combina fermento alemão, lúpulo tcheco, cevada maltada holandesa e, é claro, a brasileiríssima mandioca.

    Cervejaria: Colorado
    Origem: Ribeirão Preto-SP (Brasil)
    ABV(%): 4,5
    Estilo: Premium American Lager

    Onde encontrar: Supermercados Mundial, Extra, Prix entre outros.
    Preço Médio: R$ 14,00
    Embalagem: Garrafa de 600 ml

    Dica nº 09 Cervejas para Réveillon - Baden Baden Cristal

    Baden Baden Cristal

    A Baden Baden Cristal é leve e refrescante, ideal para os dias mais quentes Harmoniza muito bem com saladas, camarão, carnes brancas e comida japonesa, além de queijos Brie e Camembert. Ganhadora da medalha de bronze no Festival Brasileiro da Cerveja 2015 (na categoria American-Style Lager).

    Cervejaria: Baden Baden (Brasil Kirin)
    Origem: Campos de Jordão-SP (Brasil)
    ABV(%): 5
    Estilo: Premium American Lager

    Onde encontrar: Supermercados Mundial, Extra, Prix entre outros.
    Preço Médio: R$ 12,00
    Embalagem: Garrafa de 600 ml

    Dica nº 08 Cervejas para Réveillon - Sul Americana

    Sul Americana

    Sul Americana é uma cerveja refrescante, de baixa fermentação, que apresenta excelente equilíbrio entre o puro malte de cevada e o aroma dos lúpulos especiais. Seu sabor distinto combina muito bem com petiscos em geral, defumados, embutidos e castanhas, além do tradicional churrasco.

    Cervejaria: Sankt Gallen
    Origem: Teresópolis-RJ (Brasil)
    ABV(%): 5
    Estilo: Premium American Pilsner

    Onde encontrar: Supermercados Mundial, Extra, Prix entre outros.
    Preço Médio: R$ 9,00
    Embalagem: Garrafa de 600 ml


    Dica nº 07 Cervejas para Réveillon - Opa Bier Pilsen



    Opa Bier Pilsen

    Cerveja Pilsen Opa Bier Artesanal 600 ml de baixa fermentação. É leve, pura, e possui aroma fresco e todo o sabor e o equilíbrio de uma Puro Malte.

    Cervejaria: Opa Bier
    Origem: Joinville-SC (Brasil)
    ABV(%): 4,6
    Estilo: Premium American Lager

    Onde encontrar: No Supermercado Mundial.
    Preço Médio: R$ 9,99
    Embalagem: Garrafa de 600 ml

    Dica nº 06 Cervejas para Réveillon - Kirin Ichiban

     Kirin Ichiban

    Kirin Ichiban é uma cerveja elaborada com o mais puro malte, lúpulo e água. Ao contrário de outras cervejas, apenas a primeira prensagem, do inglês "first press”, do mosto cervejeiro, é utilizada. Por isso, ela é denominada Ichiban, que significa "primeira” e "melhor”, em japonês. Aí está o segredo que torna o sabor da Ichiban marcante e refrescante, perfeito para acompanhar uma comida japonesa, por exemplo.

    Cervejaria: Brasil Kirin
    Origem: Japão
    ABV(%): 5,0
    Estilo: Premium American Lager 

    Onde encontrar: Supermercados Mundial, Prix, Prezunic, Extra, dentre outros.
    Preço Médio: R$ 4,99
    Embalagem: Garrafa de 355 ml

    Dica nº 05 Cervejas para Réveillon - Therezópolis Gold

    Therezópolis Gold

    Esta cerveja traz a perfeita combinação entre o puro malte, os três tipos de lúpulos – dois aromáticos e um de amargor, e a cristalina água mineral das montanhas.

    Cervejaria: Therezópolis (Sankt Gallen)
    Origem: Teresópolis-RJ (Brasil)
    ABV(%): 5
    Estilo: Premium American Lager

    Onde encontrar: Supermercados Mundial, Prix, Prezunic, Extra, dentre outros.
    Preço Médio: R$ 9,99
    Embalagem: Garrafa de 600 ml


    Dica nº 04 Cervejas para Réveillon - Ravache Gold


    Com cor dourada, aroma de malte e lúpulo, a bebida apresenta espuma natural, corpo equilibrado. Segundo o mestre cervejeiro da empresa, Gustavo Vilafranca Assoni, a Ravache Gold foi elaborada dentro da Lei de Pureza Alemã que não permite o uso de conservantes ou aditivos na formulação deste tipo de bebida. 

    Cervejaria: Ravache
    Origem: Caieiras-SP (Brasil)
    ABV(%): 4,8
    Estilo: Premium American Lager

    Onde encontrar: Supermercados Mundial e Prezunic
    Preço Médio: R$ 9,00
    Embalagem: Garrafa de 600 ml

    Dica nº 03 Cervejas para Réveillon - Estrella Galícia

    Estrella Galícia

    "Cerveja Lager, de cor dourada e brilhante, elaborada a partir de uma seleção única de maltes e lúpulos. Uma cerveja ao estilo, leve, refrescante, aromática e com média graduação alcoólica".

    Cervejaria: Estrella Galícia
    Origem: Espanha
    ABV(%): 4,7
    Estilo: Premium American Lager

    Onde encontrar: Supermercados Mundial, Extra, Prezunic, etc
    Preço Médio: R$ 5,99
    Embalagem: Garrafa de 600 ml


    Dica nº 02 Cervejas para Réveillon - Cidade Imperial Pilsen

    Cidade Imperial Pilsen

    Fundada por um dos membros da Família Imperial Brasileira, a Imperial Premium Bier desenvolve cervejas com ingredientes selecionados, receitas especiais e a mais pura água de Petrópolis, desde 1997. A cervejaria foi comprada recentemente pelo Grupo Irmãos Faria.

    Cervejaria: Cidade Imperial
    Origem: Petrópolis-RJ (Brasil)
    ABV(%): 4,5
    Estilo: Premium American Lager 

    Onde encontrar: Em diversos Supermercados como Extra, Prezunic, etc.
    Preço Médio: R$ 4,99
    Embalagem: Garrafa de 355 ml

    Dica nº 01 Cervejas para Réveillon - Eisenbanh Pilsen

    Eisenbanh Pilsen

    O estilo Pilsen nasceu em 1842, na cidade de Pilsen, na República Tcheca, foi a primeira Lager clara do mundo e hoje é o estilo mais consumido no mundo. A Eisenbahn Pilsen Conquistou a medalha de bronze na "European Beer Star" na categoria Mild Beer.

    Cervejaria: Eisenbahn
    Origem: Blumenau-SC (Brasil)
    ABV(%): 4,8
    Estilo: Premium American Lager

    Onde encontrar: Em diversos Supermercados como Mundial, Extra, Prezunic, Pão de Acúcar, etc.
    Preço Médio: R$ 5,99
    Embalagem: Garrafa de 600 ml


    Cervejas Boas, bonitas e Baratas para um Réveillon diferente!


    Já pensou na possibilidade de beber neste Réveillon cervejas de marcas diferentes das quais você está sempre acostumado? Sei que muitos já pensaram nesta possibilidade, mas esbarraram em algumas questões e dúvidas. 

    Muitos desistem pois ainda levam em consideração o velho mito que diz que as cervejas especiais e artesanais são "mais fortes" e necessariamente mais alcoólicas e que não servem para eventos onde se consomem cervejas mais refrescantes e em maiores quantidades.

    Outros desistem pois acreditam que "todas" as cervejas especiais e artesanais são "muito caras" o que inviabiliza de serem consumidas em eventos, festas e confraternizações, que "pedem" um consumo mais elevado.

    Pois digo aos senhores que tudo não passo de mito e velhas crenças! Nos próximos posts estarei indicando uma boa oferta de cervejas do tipo "Boa, bonita e barata", de estilo bem similar das "pilsens" que você está acostumado a encontrar no churrasco da galera, para que você possa fazer um Réveillon diferente. A pesquisa foi com base em preços praticados e cervas encontradas facilmente aqui no Rio de Janeiro.

    Dei preferência pelas cervejas com maior grau de drinkability, ou seja, mais fáceis de beber. Desta forma optei por apontar cervejas leves e refrescantes. São algumas cervejas que selecionei com base principalmente no custo-benefício. Mãos a obra, ou melhor, ao copo!

    Luiz Araújo

    segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

    Cervejaria holandesa anuncia criação de cerveja que não dá ressaca


    Tomar cerveja é um prazer. O problema é, no dia seguinte, acordar com dor de cabeça e gosto de cabo de guarda-chuva na boca. Pois a cervejaria holandesa De Prael parece ter achado uma solução: anunciou a invenção de uma cerveja que não causa ressaca, uma Pilsner com 4,5% de álcool.

    Autor da novidade, o cervejeiro Thomas Gesing, guarda a fórmula a sete chaves, mas revela alguns dos ingredientes que acrescentou. Um deles é a vitamina B12, encontrada no paracetamol. Ele destaca que essa é a única vitamina que pode ser dissolvida em água e por isso pode ser usada na produção de cerveja. Tem também sal marinho, gengibre e fibras.

    Mas não se animem tanto. No site News, Gesink faz uma alerta: “É claro que não vai funcionar (não dar ressada) se for consumida em grande quantidade. Ela ainda contem álcool”. Segundo ele, depois de quatro ou cinco cervejas, a pessoa ainda acorda bem. Mas não dá garantia para quem beber mais do que isso.

    Por enquanto, a cerveja que não dá ressaca só poderá ser consumida na própria cervejaria, que fica em Amsterdã. Quer dizer, não bastassem tantos motivos para se visitar a capital holandesa, agora tem mais esse. E olha só neste link como a sede da De Prael é legal.

    Fonte: Metrópoles
    http://www.metropoles.com/gastronomia/beber/cervejaria-holandesa-anuncia-criacao-de-cerveja-que-nao-da-ressaca

    Bar na Inglaterra adota sistema de pagamento direto na bomba de cerveja


    Um dos maiores problemas na hora de ir em algum bar é ter que esperar em longas filas. Este é um problema que inclusive faz com que algumas pessoas desistam de ir em algum lugar e agora um bar em Londres, na Inglaterra, quer mudar isso com o Pay@Pump, uma torneira inteligente que conta com equipamento de pagamento embutido.

    Trata-se do bar Henry's Café Bar, que procurou uma maneira de agilizar o processo para vender as bebidas. Acontece que em certos momentos do dia - principalmente nas noites de sexta-feira e sábado, por exemplo -, a quantidade de clientes é muito alta e isso faz com que o tempo de espera também aumente.

    Este sistema foi instalado no bar pela empresa de pagamentos Barclaycard, que realizou uma pesquisa e conseguiu reduzir o tempo de espera. Agora, cada cliente que quer comprar alguma bebida leva aproximadamente um minuto para realizar todo o processo de encher o copo e pagar.

    O pagamento pode ser realizado tanto por algum cartão de crédito ou débito, ou até mesmo via NFC com o smartphone ou relógio inteligente, por exemplo. Tudo isso acontece sem qualquer contato com um funcionário, o que agiliza o processo. Entretanto, infelizmente não há como pagar com dinheiro, o que pode ser um empecilho para alguns clientes.

    Sobre essa novidade, o diretor comercial da Barclaycard, Tami Hargreaves, afirmou que:

    Tenho certeza que todo mundo já ficou atrás daquela pessoa que pede o drink mais complicado no cardápio ou uma rodada de dez bebidas para um grupo de amigos. Quando as pessoas nos disseram que o tempo de espera era uma das grandes irritações, quisemos ajudar a resolver um problema comum, com uma solução simples.

    Fonte: Tudo Celular
    http://www.tudocelular.com/tech/noticias/n84931/bar-londres-nfc-bomba-cerveja-pagamento.html

    Novos lúpulos acompanham tendência de cervejas frutadas

    Programa especial foi desenvolvido pelo Instituto Hüll, que possui parceria com a AB Inbev, para cultivar variedades frutadas e cítricas.

    Para acompanhar a força da tendência de cervejas com aromas e sabores de frutas, que caiu no gosto dos amantes cervejeiros do mundo todo, um dos institutos mais especializados em lúpulo do mundo, o Hüll, da Alemanha – responsável por uma série de lúpulos como o Mandarina Bavaria (apresenta aroma de mexerica e laranja), o Huell Melon (sabor de melão, damasco e morango) e o Hallertau Blanc (sabor de groselha, frutas verdes e manga) – criou um programa especialmente para o cultivo de variedades com aromas fortemente frutados ou cítricos.

    As últimas novidades do instituto, que exporta para o mercado brasileiro – mais especificamente para a Ambev –, são o Callista, responsável por dar aromas de maracujá, toranja, pêssego, groselha e pinho e o Ariana, que remete à toranja, cassis, gerânio, groselha e cítrico. Para chegar até essas variedades de lúpulo, um grupo especializado desenvolveu estudos de campo e realizou testes nas cervejarias, para avaliar a qualidade de amargor, decantaçãoe adicionado durante a fermentação e/ou maturação, tanto para cervejas Lager quanto para Ale.

    A Ambev, por meio do grupo AB InBev, acompanha o fomento de novos lúpulos pelo Instituto Hüll. “O lúpulo é a especiaria da cerveja. É ele que traz o frescor do campo, o aroma e o amargor. Mas, como todo ingrediente, nos preocupamos sobretudo com a sua qualidade, pois ela impacta diretamente no sabor das nossas cervejas”, afirma Luciano Horn, mestre-cervejeiro da Ambev.

    Confira mais informações sobre o estudo do Instituo Hüll através deste link.

    Fonte: Revista da Cerveja

      Homem bate recorde em prova de "corrida com cerveja"


      A mais recente edição do Campeonato Mundial de Beer Mile reuniu apaixonados por cerveja no Texas, EUA. O torneio nada mais é do que uma corrida onde os "atletas” têm de tomar uma lata de cerveja a cada uma das quatro voltas.

      O vencedor desta edição foi o canadense Corey Bellemore, 21. Ele completou as quatro voltas de 400 metros em tempo recorde: 4 minutos e 34 segundos. Bellemore venceu mais de 200 participantes. Participaram da prova, além de canadenses, norte-americanos e australianos.

      Fonte: Meio Norte
      http://www.meionorte.com/noticias/homem-bate-recorde-em-prova-de-corrida-com-cerveja-309749

      Devassa aposta em ações na Bahia para reposicionar marca de cerveja

      A penísula de Maraú vai ser palco para o Réveillon da Devassa. Ação faz parte do plano de reposicionamento da marca de cerveja, que busca estimular experiências com mais lifestyle e tropicalismo. (Foto: Divulgação)

      A cerveja Devassa vai trazer várias iniciativas neste verão inspiradas em experiências para reforçar a presença de mercado entre os baianos, principalmente após promover mudanças no posicionamento do produto. Entre eles estão os eventos Beach Sound Praia do Forte, o Réveillon de Maraú 2017 e o Camarote Salvador no Carnaval. “Desde o mês de maio deste ano, a marca tem se reposicionado com um produto mais próximo do estilo de vida tropical do brasileiro. Os eventos desempenham um papel importante com o objetivo de provocar estas experiências”, explica.

      Apesar de não divulgar números quanto ao volume de investimentos, a gerente da marca destaca os motivos que levaram a Devassa a mudar. “O mercado de cerveja, como um todo, trabalha a mulher pelo lado sensual. Percebemos aí uma lacuna a qual as outras marcas não estão trabalhando e, a partir disso, a Devassa voltou ao tropical e à irreverência na hora de oferecer uma cerveja de qualidade agregada, mas com o valor de venda do mercado”.

      No litoral sul do estado, a contagem regressiva é para o Revellion na península de Maraú. Entre os dias 27 a 31 de dezembro serão quatro festas, com mais de 20 shows de artistas do cenário nacional e internacional da música eletrônica, entre eles, Nora Em Pure, Vintage Culture e os brasileiros George Israel (ex-Kid Abelha) e Marcelo Botelho.

      Só de São Paulo – estado que responde por 50% do público – irão sair dois voos fretados. “Em média, cada pessoa que estamos levando para Maraú deve gastar algo em torno de R$ 10 mil. Serão gerados 1 mil empregos diretos e indiretos na região com os turistas do Sudeste e de outras partes do país”, afirma um dos sócios da agência de live marketing e entretenimento responsável pela produção da festa, Victor Reis. “Maraú é um lugar onde poucas pessoas de fora já ouviram falar, sem dúvida a festa vai deixar um volume de recursos importante para a região, mas também irá vender o destino turístico lá fora”, acrescenta. Mais informações sobre a festa, confira no site oficial do evento em www.reveillonmarau.com.br

      Fonte: Correio 24 horas
      http://www.correio24horas.com.br/single-economia/noticia/devassa-aposta-em-acoes-na-bahia-para-reposicionar-marca-de-cerveja/?cHash=3f4d31c61453a99a778990c65562cdc0

      Centro Cervejeiro, em Lourdes, é o paraíso para os amantes da bebida

      Loja possui 600 metros quadrados, com direito a mostruário, bar e espaço para eventos. (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)

      Panela, termômetro, fogão, densímetro, medidor, barris, malte, levedura, lúpulo e, é claro, ela em sua forma final, engarrafada ou na pressão. Tudo isso está no catálogo do recém-inaugurado Centro Cervejeiro, no Bairro de Lourdes, que chegou com a proposta de ser o paraíso para os amantes da cerveja em BH.

      A loja de 600 metros quadrados, com direito a mostruário, bar e espaço para eventos, é fruto da parceria entre a Confraria do Malte e a Lamas. A primeira comercializava cerveja e chope na Avenida Bandeirantes, enquanto a segunda vendia insumos para a fabricação caseira da bebida via internet e numa pequena loja no Bairro Cidade Jardim.

      A junção das duas deu origem a um local onde é possível comprar tanto diversas marcas de cerveja quanto ingredientes e apetrechos para fazer a própria receita. São pelo menos 150 rótulos engarrafados e 24 biqueiras de chope para a freguesia encher o growler ou degustar por ali mesmo, no aconchegante balcão. De matéria-prima, mais de 2 mil itens, incluindo 60 tipos de malte e 50 qualidades de lúpulo, além dos equipamentos e itens para envasar.

      Em Belo Horizonte desde 2014, o Lamas já tinha anteriormente lojas de insumos em Campinas e na capital paulista. No entanto, BH foi a pioneira no modelo de empreendimento do Centro Cervejeiro. ''O Lamas foi o primeiro brew shop no Brasil. Crescemos muito com as vendas on-line nos últimos anos e queremos testar o novo modelo primeiro em Minas, para depois levar para outros estados. Afinal, o mineiro é mais exigente e gosta muito de cerveja'', afirma o empresário José Bento Valias, um dos responsáveis pelo negócio.

      OPORTUNIDADE

      Ciente da crise e dos riscos que ela apresenta para o mercado da cervejaria artesanal, tida como um produto de luxo, Bento aposta numa oportunidade trazida pela turbulência econômica. ''Fazer pode sair mais barato do que comprar, por isso muita gente está optando pela fabricação caseira, até por ser um hobbie, o que costuma ganhar força em tempos de crise”, diz.

      Um kit básico para fabricação de 5 a 200 litros de cerveja custa a partir de R$ 750. O preço dos insumos varia entre R$ 0,15 e R$ 0,50 o grama de lúpulo e R$ 6 a R$ 16 o quilo de malte, dependendo do tipo. Já o litro de chope, para quem tem o growler, custa entre R$ 12 e R$ 50.

      Quem é iniciante também tem vez no Centro Cervejeiro. Além dos kits, o espaço oferece receitas prontas, com o passo a passo da fabricação. Os planos para o futuro incluem a oferta de cursos de fabricação e formação de sommelier.

      Outro serviço disponível para a clientela é a locação de salas para o processo de brassagem, que é uma das etapas da feitura cervejeira. Itens decorativos, copos e outros objetos também estão à venda e podem ser boas opções para quem procura um presente de Natal cervejeiro. Quem for degustar alguma cerveja pode contar com a parceria entre a loja e o aplicativo PickMeApp, que transporta o freguês gratuitamente para casa.

      Centro Cervejeiro (Lamas Brew Shop e Confraria do Malte)
      Rua Gonçalves Dias, 1.754 – Lourdes. De segunda a sexta, das 10h às 20h; sábado, das 9h às 15h. (31) 3654-9982 
      e (31) 3245-5077

      Fonte: Uai
      http://www.uai.com.br/app/noticia/gastronomia/2016/12/23/noticias-gastronomia,199157/centro-cervejeiro-promete-ser-o-paraiso-para-os-amantes-da-cerveja.shtml

      Cervejaria Mea Culpa lança Avareza

      Mea Culpa Avareza
      Sexto pecado da marca chega neste mês no mercado.

      A cervejaria Mea Culpa (SP), conhecida por seus rótulos inspirados nos sete pecados capitais, lança no mercado a sexta cerveja da linha: Avareza, uma American Lager que apresenta 4,9% de teor alcoólico e amargor de 15 IBU, com delicado aroma de malte e lúpulo.

      Pensando em materializar o pecado em forma de cerveja, a Avareza será vendida em latas de 473 mL pelo preço de R$ 10 nos pontos de venda. “A ideia é fazer uma cerveja de um estilo que as pessoas conhecem do dia a dia, mas com sabor, qualidade sensorial e cuidados na produção”, diz Rodrigo Louro, mestre-cervejeiro da Mea Culpa.

      Além disso, uma vending machine, máquina automática para autosserviço, ficará a cada semana em um bar diferente de São Paulo/SP ao longo de três meses. Basta pagar com dinheiro e cartão e receber a própria lata já gelada. O novo rótulo chega nesta semana nos pontos de venda.

      Fonte: Revista de Cerveja

      sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

      Zehn Bier está presente em todo litoral catarinense

      Aos poucos, a cervejaria artesanal, de Brusque, vai conquistando novos espaços no Brasil. Este ano chegou ao Rio de Janeiro e para 2017 já estão mapeados os estados do Paraná e São Paulo

      O investimento da Zehn Bier, durante 2016, de aproximadamente R$ 700 mil em marketing, estruturação da área comercial, manutenção e reestruturação de equipamentos na fábrica, adequação à legislação e conquista de novos mercados está dando muito certo. A empresa fecha o ano com presença em todo o litoral catarinense. Além de estar nas grandes redes de supermercados, o chope também pode ser encontrado nos principais bares e restaurantes dessas cidades. Entre eles, no Porto Grill, Oficina do Sabor, Casa da Lagosta, entre outros na região. A expectativa é de um crescimento de cerca de 40% nos volumes de comercialização na região litorânea.

      Mesmo em um ano de crises, econômica e política, a Zehn Bier registrou um crescimento de aproximadamente 40% com relação à produção de 2015, que foi de 25 mil litros em média mês para os 35 mil litros media mês atuais. “Para 2017 os planos são os melhores. Estaremos marcando presença também nos estados do Paraná e São Paulo. Este ano chegamos ao Rio de Janeiro”, conta o diretor comercial, Edson Bruning.

      Vai fazer dois anos que os atuais gestores, Edson Bruning e Fernando José de Oliveira, estão a frente da cervejaria Zehn Bier e têm trabalhado com afinco para que a cerveja artesanal de Brusque volte a ser encontrada em todo o País. Já no primeiro ano de atuação a produção tinha pulado de 6 mil para 25 mil litros mensais. “Nossa expectativa inicial era de alcançar 30% de crescimento este ano e foi atingida, o que nos deixa muito felizes”, comemoram os administradores.

      Mercado em expansão

      De acordo com Oliveira, ainda há um amplo mercado de expansão para as cervejas artesanais. “Hoje, não representamos nem 1% do mercado nacional de cervejas. Portanto, as artesanais ainda têm um longo caminho a percorrer. Se a situação econômica do País não estivesse tão complicada, poderíamos, com toda certeza, falar em um crescimento de 50% ao ano”, avalia. Os diretores lembram que em alguns países, como os Estados Unidos, por exemplo, as artesanais já representam 15% do mercado cervejeiro. Na região, as 18 cervejarias artesanais juntas planejam investir até o próximo ano cerca de R$ 12,5 milhões. 

      Cervejas

      A fabricação do chope e das cervejas Zehn Bier segue as tradições germânicas, utilizando como matéria-prima quatro ingredientes: o malte, o fermento, o lúpulo e a água, que não são filtrados e não possuem conservantes. Tudo é feito de forma artesanal e cuidadosa por um mestre cervejeiro experiente. Atualmente, a empresa oferece, além dos chopes tipo Pilsen e Porter, as cervejas Pilsen Extra, Weizen, Porter, Heller Bock e IPA.

      Fonte: New Age Comunicação

      Cervejas de Natal - Struise Tsjeeses

      Struise Tsjeeses

      A cervejaria De Struise produz na época natalina a cerveja Tsjeeses Reserva. É uma Belgian Strong Ale com 10% de ABV. Já teve versão envelhecida em barris de Bourbon - BBA (Bourbon Barrel Aged) e em barris de vinho do Porto. Este ano o destaque fica para as especiarias.

      Cervejas de Natal - Sierra Nevada Celebration

      Sierra Nevada Celebration Ale

      As longas e frias noites de inverno ficam mais brilhantes e especiais com a Celebration da Sierra Nevada. Primeira cerveja em 1981, Celebration Ale é um dos primeiros exemplos de uma IPA de estilo americano e uma das poucas cervejas de férias. Famosa por seus intensos aromas cítricos e pinho, Celebration é audaciosa e intensa, com Cascade, Centennial e Chinook honrando tudo o que há na Sierra Nevada.

      Cervejas de Natal - Samichlaus Bier

      Samichlaus Bier

      A cerveja lager mais forte do mundo! Inicialmente produzida pela cervejaria Hürlimann, Suíça, e desde 2000 pela Eggenberg, Áustria, a Samichlaus Bier é fabricada apenas uma vez ao ano, no dia 06 de dezembro. É nesta data que se celebra o dia de Saint Nicholas - Santa Claus ou, como conhecemos por aqui, Papai Noel. 

      Envelhecida por 10 meses antes do engarrafamento, a Samichlaus é uma rara especialidade de cerveja, com 14% de teor alcoólico, o maior do gênero Lager, tendo sido listada no Guinness World Records. A Samichlaus não tem prazo determinado de validade e continua maturando na garrafa. Como as tradicionais cervejas Vintage, com o passar do tempo os aromas se tornam mais complexos e com um paladar cremoso e acalentado.

      Cervejas de Natal - Shepherd Neame Christmas Ale

      Shepherd Neame Christmas Ale
      Foto: Beer Beauty

      Cerveja produzida especialmente para as festas natalinas, a Christmas Ale é a bebida perfeita para a época festiva. É uma encorpado ale de inverno, robusta, de cor clara e caracteriza-se por um delicioso e perfumado lúpulo, tanto no aroma quanto no paladar. Uma cerveja muito especial.

      quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

      Cervejas de Natal - Jolly Pumpkin Noel de Calabaza

      Jolly Pumpkin Noel de Calabaza

      A Jolly Pumpkin é uma cervejaria fundada por Ron Jeffries em 2004 e fica localizada em Dexter, no estado americano de Michigam. O grande diferencial da Jolly Pumpkin é seu método de fabricação, pois todas as cervejas são maturadas em barris de carvalho. 

      Envelhecida em barris de carvalho e refermentada na garrafa a Calabaza Blanca é a Ale de Natal da Jolly. É uma Belgian Strong Dark Ale, com 9.00% ABV.

      Cervejas de Natal - Great Lakes Christmas Ale

      Great Lakes Christmas Ale

      Estilo de cerveja europeu tradicional, ligado ao inverno e, principalmente às tradições natalinas. Tem um sabor canela e gengibre, uma rica cor de cobre e um corpo médio que vai se encaixar com qualquer prato típico natalino. Teor acoólico de 7,5% ABV.

      Cervejas de Natal - Goose Island Christmas Ale

      Goose Island Christmas Ale

      Maltes especiais belgas criaram uma cor granada profunda e verdadeiramente rica em sabor europeu nesta clássica Christmas Ale. E a quantidade generosa de cristais de lúpulos acrescentam um aroma picante extra para o seu pint, perfeito para uma noite de inverno natalino. 

      Esta Ale de Natal traz boas novas e alegria a cada final de ano. Duas vezes vencedor da medalha de ouro no Campeonato Mundial de cerveja . A Goose Island Christmas Ale original tem 5,7% ABV .

      Cervejas de Natal - Santa's Private Reserve Ale

      Santa's Private Reserve Ale
      Uma Red Ale de cor avermelhada, sabor maltado e um acabamento abeto bem equilibrada. Harmoniza com carne bovina e de porco. É uma variação da clássica Saint Rogue Red, mas com o dobro de lúpulo - incluindo Chinook , e Centennial, e um lúpulo misterioso chamado Rudolph. 

      A cerveja é fabricada com duas fileiras de maltes Harrington , Klages e Munique, juntamente com Hugh Baird 30-37 , Carastan 13-17, 70-80 e malte Cristal. Utiliza águas de produção ao ar livre da costa oeste e fermentação com levedura Pacman, da própria cervejaria.

      Cervejas de Natal - Bell's Christmas Ale


      A inspiração básica para Christmas Ale da Bell's era criar uma cerveja de Natal com bom drinkability, usando malte cultivados localmente. Em contraste com muitas outras seasonals, esta ale não contém qualquer especiarias: toda a seco, torrado e notas de toffee, sabores sutis oriundos do 100 % de cevada Michigan, além do aroma de ervas. Com 5,5% ABV é uma cerveja altamente suave e destina-se a complementar a ceia de Natal, não ofuscá -la.

      quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

      Cervejas de Natal - Bamberg Weihnachts


      Criada para celebrar o Natal, esta cerveja não segue estilos e foi pensada para combinar com a ceia e o clima brasileiro nesta época do ano. A receita leva 30% de malte de centeio na receita, o que confere uma certa rusticidade; o IBU de 30 ajuda a combater a gordura e, assim como o lúpulo de sabor frutado da região de Hallertauer, deixa a cerveja mais refrescante. Uma leve pitada de malte defumado e fermento de Kölsch dão o toque final. Apesar do malte de centeio, é uma bebida filtrada, vendida apenas em garrafas de 600ml. Harmoniza com a ceia de Natal, tender, leitoa assada, churrasco, família reunida e confraternização.

      Temperatura ideal de consumo: de 4,0°C a 8,0°C.

      Aroma: Frutas vermelhas, cítricas, terroso, leve caramelo e defumado bem sutil.

      Aparência: De coloração vermelha com leve toque amarronzado, cristalina, com boa formação de espuma e boa consistência.

      Sabor: No começo, percebe-se a doçura dos maltes e o frutado do fermento, mas rapidamente essa sensação é sobreposta pela rusticidade do malte de centeio, uma certa acidez, terminando levemente amargo com defumado bem sutil no final.

      Sensação na boca: Tem corpo médio, porém a acidez e o final seco deixam-na refrescante; o centeio provoca sensação de “oleosidade”, criando uma viscosidade na boca.

      Impressão geral: Uma cerveja complexa, porém refrescante e fácil de ser bebida.

      Cervejas de Natal - Abita Christmas Ale

      Abita Christmas Ale

      A cada ano a cervejaria Abita produz a Abita Christmas Ale, uma cerveja escura especial para o Natal . A receita muda a cada ano. Seu caráter picante é excelente, com alimentos tradicionais servidos na ceia como pão ou bolo de Natal, de nozes, etc. Experimente um pouco de queijo azul ou um Camembert cremoso com esta Ale de Natal. Temperatura sugerida : 6,5°. Copos sugeridos: pint, cálice ou stange.

      Cervejas de Natal - Saint Arnold Christmas Ale


      Uma rica ale, perfeita e saudável para a época natalina com uma doçura maltada e caráter picante do lúpulo. O uso generoso de cinco maltes diferentes é responsável pelo nível de sabor e de álcool elevado desta cerveja. São Arnold Natal Ale fica melhor se consumida a 7,5° Celsius. Harmoniza com bolo de frutas e pudim de Natal.

      Cervejas de Natal - Hoppin' Frog Frosted Frog Christmas Ale

      Hoppin' Frog Frosted Frog Christmas Ale

      Hoppin` Frog é uma pequena cervejaria localizada na cidade de Akron, no interior do estado americano de Ohio. A cervejaria foi fundada no ano de 2000 por Fred Karm, que além de proprietário também trabalha como mestre cervejeiro. No website da cervejaria não é possível obter muita informação, mas vemos que eles gostam de resaltar a qualidade de suas cervejas. O equipamento utilizado por eles para as brasagens permite o uso de quantidades maiores de malte e uma engarrafadora especial ajuda a manter a qualidade da cerveja por um tempo maior nas prateleiras.

      A essência do Natal é capturada na garrafa da foto acima. Na receita várias especiarias conferem elogiar ricos sabores de malte fosco rã de , criando a melhor experiência de Natal. Comemore os feriados como você saborear esta oferta sazonal muito especial.

      Cervejas de Natal - Affligem Noël

      Affligem Noël
      Foto: Gourmets&Co

      A Cerveja Belga Affligem Noel 750ml, do tipo Christman Ale, é uma cerveja de Natal própria para ser consumida em época em que acontece as grandes confraternizações, no trabalho, com o amigos e especialmente entre a família!

      De origem belga, a Cerveja Belga Affligem Noel 750ml é característica da tradição de fazer cervejas especiais de Natal na Europa, tradição que vem dos antigos mosteiros, responsáveis até hoje, por algumas das melhores cervejas do mundo!

      Com os melhores ingredientes, sendo os principais malte, água, levedura e lúpulo, Cerveja Belga Affligem Noel 750ml possui aroma de frutas secas e caramelo, convencionando as tradições de uma ceia natalina.

      Cervejas de Natal - Fantôme de Noel

      Fantôme de Noel

      Uma Saison sazonal de Natal e com 10% de teor alcoólico. Cerveja comemorativa que sai um pouco do tradicional da Fantôme. 

      Todo ano a receita é alterada, mas sabemos que ele usa mel, caramelo, semente de coentro, pimenta do reino, especiarias, leve azedo da levedura e mais alguns segredos, além do teor alcoolico elevado. Apresenta coloração laranja e espuma de boa formação. De corpo médio/alto,é uma cerveja complexa.

      Cervejas de Natal - Anchor Merry Christmas and Happy New Year

      Anchor Merry Christmas and Happy New Year

      Para os que vivem e acompanham o universo cervejeiro, as edições sazonais de Natal da Anchor Brewing (EUA), já viraram tradição. Todos os anos, desde 1975, uma nova cerveja é lançada. Caso não conheça ou nunca tenha ouvido falar, esta é uma ótima oportunidade para começar! 

      Elaboradas desde 1975 pelo ilustrador Jim Stitt, este ano a Merry Christmas & Happy New Year, conhecida também como Our Special Ale tem com 5.5% de teor alcoólico. A foto é da versão de 2015.

      Cervejas de Natal - Gouden Carolus Christmas

      Gouden Carolus Christmas

      A cerveja artesanal belga Gouden Carolus Christmas é uma sensacional cerveja forte escura, de cor vermelho-rubi e teor alcoólico elevado, fabricada no final de agosto para descansar vários meses até estar perfeitamente equilibrada no sabor e nos aromas. 

      Nesta cerveja, são usados 3 tipos de lúpulo e 6 ervas e especiarias que deixam esta cerveja de Natal superior e especialíssima, pronta para fazer sua ceia inesquecível! É uma Belgian Strong Dark Ale, com 10,5% ABV.

      Cervejas de Natal - St. Bernardus Christmas Ale

      St. Bernardus Christmas Ale

      A sazonal Christmas Ale é produzida para a época natalina, possui 10% de teor alcóolico, coloração bem escura e um gosto quase aveludado com um toque frutado. É uma Belgian Dark Strong Ale.

      Cerveja de aroma forte de álcool, melaço, damascos, alcaçuz e marzipan, possui perfeito equilíbrio de açúcares e amargor.

      Cervejas de Natal - St. Feuillien Cuvée de Noël

      St. Feuillien Cuvée de Noël

      Esta cerveja tem uma colarinho generoso, compacto e firme. Sua cor castanha é um pouco o resultado da cevada torrada. Tem um marrom cor rubi escura e um aroma muito intenso. As ervas aromáticas e especiarias utilizadas aumentam consideravelmente o seu cheiro delicioso. 

      Esta cerveja é encorpada, com uma suavidade que é o resultado da sinergia de maltes caramelizados, cuidadosamente controlada na fermentação e tempo de armazenamento a frio. St-Feuillien Cuvée de Noël tem um amargor muito sutil, que é o sabor dominante neste ale harmoniosa que as rege um perfeito equilíbrio entre todos os diferentes ingredientes. É uma Belgian Dark Strong Ale, com graduação alcoólica: 9% ABV.

      Cervejas de Natal - Eisenbahn Weihnachts Ale

      Eisenbahn Weihnachts Ale

      A Eisenbahn Weihnachts Ale, seguindo a tradição europeia, foi concebida para ser a melhor cerveja do ano. Sua produção é limitada e sazonal. Uma cerveja do estilo belga, de coloração âmbar, baixa formação de espuma e alto teor alcoólico. Encorpada, de paladar marcante, acentuado de lúpulo e notas de caramelo. Tem um sabor levemente doce no início, com bom amargor no final. Perfeita para a ceia de Natal.

      A tradição de fazer cervejas especiais de Natal na Europa vem dos antigos mosteiros, responsáveis até hoje, por algumas das melhores cervejas do mundo. Na época, os monges separavam os melhores ingredientes do ano e faziam uma cerveja especial para festejar o nascimento de Cristo. É uma cerveja de Natal, do estilo Amber Ale, com teor alcóolico de 6,3% e receita especial.